728x90 (1)

BRASIL

Nascidos em fevereiro podem atualizar dados no Caixa Tem

Procedimento pode ser feito totalmente pelo celular

Publicados

em

Às vésperas de retomar o pagamento do auxílio emergencial, a Caixa Econômica Federal convida os usuários do aplicativo Caixa Tem a atualizar os dados cadastrais no aplicativo. Clientes nascidos em fevereiro podem fazer o procedimento a partir de hoje (16).

A atualização é feita inteiramente pelo celular, bastando o usuário seguir as instruções do aplicativo, usado para movimentar as contas poupança digitais. Segundo a Caixa, o procedimento pretende trazer mais segurança para o recebimento de benefícios e prevenir fraudes.

Ao entrar no aplicativo, o usuário deve acessar a conversa “Atualize seu cadastro”. Em seguida, é necessário enviar uma foto (selfie) e os documentos pessoais (identidade, CPF e comprovante de endereço).

O calendário de atualização seguirá um cronograma escalonado, conforme o mês de nascimento dos clientes. O cronograma começou no domingo (14) para os nascidos em janeiro e encerrará em 31 de março, para os nascidos em dezembro.

Confira o cronograma completo abaixo:

Mês de nascimento Data de atualização
Janeiro 14/3 (domingo)
Fevereiro 16/3 (terça)
Março 18/3 (quinta)
Abril 20/3 (sábado)
Maio 22/3 (segunda)
Junho 23/3 (terça)
Julho 24/3 (quarta)
Agosto 25/3 (quinta)
Setembro 26/3 (sexta)
Outubro 29/3 (segunda)
Novembro 30/3 (terça)
Dezembro 31/3 (quarta)

No ano passado, a Caixa abriu mais de 105 milhões de contas poupança digitais, das quais 35 milhões para brasileiros que nunca tiveram contas em banco. Além do auxílio emergencial, o Caixa Tem foi usado para o pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm).

Leia Também:  Mulher passeia com cobra por ruas do centro de BH; assista vídeo

Uma lei sancionada no fim de outubro autorizou a ampliação do uso das contas poupança digitais para o pagamento de outros benefícios sociais e previdenciários. Desde dezembro, os beneficiários do Bolsa Família e do abono salarial passaram a receber por essa modalidade.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

BRASIL

Pfizer deve entregar mais de 1 mi de doses por dia de vacina até agosto

De 20 de julho até 1º de agosto, 13 voos vindos dos EUA chegarão ao país com os imunizantes

Publicados

em

A Pfizer anunciou que deve começar a intensificar a entrega de doses de sua vacina contra a Covid-19 a partir de terça-feira (20). De 20 de julho até 1º de agosto, 13 voos vindos dos EUA chegarão ao país com um total de 13.265.460 de doses do imunizante da empresa.

A média de entregas diárias deve superar 1 milhão de doses.

O primeiro lote da nova entrega está previsto já para terça, com desembarque no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), que receberá também as remessas seguintes.

Em nota, a empresa aponta que para agosto e setembro estão previstas 70 milhões de doses, parte de um dos acordos da farmacêutica com o governo brasileiro. Outras 100 milhões de doses também são esperadas de outubro a dezembro.

Até agora, a Pfizer entregou 14,5 milhões de doses do imunizante contra a Covid. O primeiro lote, com 1 milhão de doses, chegou em abril. Junho, até agora, foi o mês com mais entregas, um total de 11 milhões de doses.

Leia Também:  Decisão de Augusto Aras fortalece invasores de terra indígena no Mato Grosso

A vacina da Pfizer (ComiRNAty), entre as aprovadas no Brasil, é a que exige os cuidados mais rígidos em relação à conservação. Ela precisa ser guardada entre -60°C e -90°C para manter sua condição de uso.

Para evitar problemas no transporte, a empresa produziu embalagens para manter, por até 30 dias (com trocas periódicas do gelo seco), a vacina na temperatura adequada. Na caixa, há ainda um monitor de temperatura acompanhado via satélite, segundo a empresa.

“As doses somente são distribuídas para os pontos de vacinação se os relatórios emitidos após a entrega demonstrarem que não houve qualquer excursão de temperatura relevante durante todo o trajeto”, afirma a Pfizer, em nota.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA