728x90 (1)

CARROS E MOTOS

Harley-Davidson oferece condições especiais para seus modelos em julho

Publicados

em


source
Harley
Divulgação

Harley-Davidson lança a linha de condições especiais de julho, conforme a sua tradição mensal de atratividade com os clientes

Durante todo o mês de julho de 2020, a Harley-Davidson oferece condições especiais para os modelos zero km. São válidas para a compra de modelos das famílias Sportster, Softail e Touring em todas as concessionárias da marca. Além disso, os clientes podem optar pela oferta especial de financiamento por meio da Harley-Davidson Financial Services.

LEIA MAIS: Harley-Davidson FXDR ganha customização e vira uma Black Rebel

Os destaques das condições de julho são a taxa de 0,99%, com 30% de entrada e saldo em até 48 vezes. As condições especiais são válidas para a compra de modelos das famílias Sportster , Softail e Touring. Confira os preços de cada uma das versões da  Harley-Davidson na tabela a seguir.

Harley
Divulgação

Tabela de preços dos modelos, em todas as suas configurações disponíveis

LEIA MAIS: Harley-Davidson Softail FXDR ganha edição limitada com visual exclusivo

Leia Também:  Aulas em autoescola podem deixar de ser obrigatórias para tirar a CNH

As motocicletas da Harley-Davidson estão disponíveis para Test Ride em toda a rede, de acordo com a disponibilidade dos modelos e seguindo as recomendações dos governos estaduais e municipais em relação aos cuidados com a saúde. Por conta da volatilidade do câmbio, os preços públicos sugeridos das motocicletas passaram por um reajuste.

LEIA MAIS: Veja 5 modelos da Harley-Davidson que entraram para a história da marca

Entre os maiores destaques dos modelos ofertados pela Harley-Davidson — das famílias Sportster, Softail e Touring — eles podem vir equipados com o motor Milwaukee-Eight 114, que prioriza o desempenho e dirigibilidade, entregando 16,4 kgfm aos 3 mil rpm. As suspensões são reguláveis, o guidão é alto, o assento é individual e os acabamentos são escurecidos em três combinações de preto. A iluminação é apenas por LED.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

BRASIL

Aulas em autoescola podem deixar de ser obrigatórias para tirar a CNH

O fim da exigência valeria para as categorias A e B; com a alteração, instrutores de trânsito vão poder se tornar independentes

Publicados

em

Um projeto de lei que acaba com a exigência de aulas em autoescolas para tirar a carteira de motorista está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. De acordo com o projeto, quem quiser poderá aprender a dirigir com instrutores independentes. Eles devem ser credenciados junto ao Detran, ter mais de 25 anos de idade e pelo menos três de habilitação.

A iniciativa é da senadora Kátia Abreu (PDT). A justificativa para a alteração é o custo para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que “é impeditivo para grande parte da população”, segundo o texto.

“Os custos para se obter uma habilitação no Brasil são exorbitantes e muitas vezes inviáveis, sobretudo para a parcela mais pobre da população. Na maioria dos estados, o valor total para obtenção da CNH pode chegar a R$ 3.000”, diz o projeto

A matéria está em tramitação desde o fim de 2019 e voltou a ser analisada neste ano. O fim da exigência das aulas é para formação de motoristas das categorias A (motos) e B (carros de passeio).

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em condições favoráveis, vacina da Pfizer tem validade de 60 dias | Agência Brasil
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA