728x90 (1)

Copinha 2022

Zebra Canaã sofre gol no fim, perde para o Oeste e cai fora na Copa São Paulo

Na próxima fase, o Oeste encara o Palmeiras, em jogo já válido pelas quartas de final

Publicados

em

Não foi desta vez que a zebra seguiu forte na Copinha – Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Canaã, da Bahia, até lutou, buscou o empate após estar perdendo por 2×0, mas vacilou no fim e perdeu por 3×2 para Oeste, na partida válida pelas oitavas de final da competição, nesta segunda-feira (17).

O Canaã chegou a estar perdendo por 2×0, mas foi buscar o 2×2 no segundo tempo. No entanto, o que parecia ser um empate heroico, virou uma história de superação para o Oeste, que conseguiu um golaço no fim do confronto. Reifit foi o autor da pintura.

Na próxima rodada, o Oeste encara o Palmeiras, em jogo já válido pelas quartas de final. O Verdão eliminou o Internacional por 2×1.

O Oeste já eliminou o Flamengo e busca eliminar mais um grande agora.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Com dois de Brenner, São Paulo derrota Fluminense no Maracanã
Propaganda

Copinha 2022

Palmeiras atropela o Santos no Allianz Parque e conquista o inédito título da Copinha

Publicados

em

Os rivais não podem mais provocar os palmeirenses quanto à Copa São Paulo de Futebol Júnior. Na manhã desta terça-feira, o Verdão não tomou conhecimento do Santos e venceu a decisão do torneio de base por 4 a 0, no Allianz Parque, conquistando seu primeiro título da competição. Os gols do Palestra foram marcados por Endrick, Giovani e Gabriel Silva, duas vezes.

O Palmeiras igualou a maior goleada da história das decisões da Copinha. Em 1991, a Portuguesa também goleou o Grêmio por 4 a 0. Antes desta edição, o Alviverde havia chegado em duas finais da competição, perdendo nos anos de 1970 e 2003.

Com 15 minutos avassaladores, o Verdão já tinha construído uma vantagem de três gols. Letal nas chegadas, o time abriu o placar com Endrick, completando cruzamento da esquerda, ampliou com Giovani, em belo chute de fora da área, e chegou ao terceiro com Gabriel Silva, em golaço de falta. Na reta final da etapa inicial, Derick recebeu o segundo cartão amarelo, foi expulso e deixou o Santos com um a menos.

Mesmo com a grande vantagem, o Palmeiras não diminuiu o ritmo. Logo aos oito minutos, Gabriel Silva fez o seu segundo no jogo, o quarto da equipe na partida. O time até criou chances para marcar mais gols, porém a goleada ficou ‘apenas’ no 4 a 0 mesmo.

O jogo – Logo na primeira chegada com maior perigo, o Palmeiras abriu o placar. Aos cinco minutos, Vanderlan chegou pela esquerda, cruzou à meia altura e Endrick chegou batendo de primeira, aproveitando vacilo dos zagueiros e mandando para a rede.

Leia Também:  Flamengo encara 'maldição das oitavas' para eliminar Defensa y Justicia e seguir na Libertadores

Aos 11, o Verdão chegou novamente e ampliou. Jhonatan fez bela jogada pela esquerda, passou com facilidade por Andrey e inverteu para Giovani. O ponta cortou para dentro e acertou um bonito chute, encobrindo Diógenes. Quatro minutos depois, veio o terceiro. Após falta sofrida por Endrick, Gabriel Silva cobrou por cima da barreira e marcou um golaço.

Em seguida, Gabriel Silva quase ampliou, trazendo da esquerda para dentro e finalizando cruzado, para fora. Endrick voltou a levar perigo, ganhando no corpo de Derick e chutando à direita do gol. Na primeira boa chance do Santos, Rwan teve a oportunidade de arrematar da marca do pênalti, porém pegou mal na bola.

Antes do fim do primeiro tempo, Derick fez falta dura em Giovani, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando o Santos com um a menos. Ainda deu tempo de Fernandinho arriscar de fora da área e levar perigo.

Segundo tempo

A primeira chance da etapa final foi do Peixe. Fernandinho trouxe da esquerda para dentro e finalizou para fora, levando perigo. O Palmeiras respondeu com Giovani, invadindo a área pela direita e chutando cruzado. Diógenes fez grande defesa para impedir o gol.

Aos oito minutos, o Verdão chegou ao quarto gol. Vanderlan deu nova assistência, cruzando da esquerda na cabeça de Gabriel Silva, que testou firme para marcar. Vitinho quase fez o quinto, recebendo de Gabriel Silva e finalizando na rede pelo lado de fora.

Leia Também:  Mesmo com um a mais Nova Mutum fica no empate pela Série D

Em seguida, João Pedro completou de cabeça após escanteio da direita e parou na trave. Gabriel Silva chegou a balançar as redes novamente, mas Vitinho estava impedido na origem da jogada. Com gritos de “é, campeão!” no Allianz, o árbitro apitou o fim do jogo.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 X 0 SANTOS

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 25 de janeiro de 2022, terça-feira
Horário: 10 horas (de Brasília)
Árbitro: Gustavo Holanda Souza
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Izabele de Oliveira
VAR: José Cláudio Rocha Filho
Público: 20.814
Renda: R$ 735.620,00
Cartões amarelos: Ed Carlos, Derick, Lucas Pires, Jhonnathan (Santos)
Cartão vermelho: Derick (Santos)

GOLS
Palmeiras: Endrick (cinco minutos do 1º tempo), Giovani (11 minutos do 1º tempo) e Gabriel Silva (15 minutos do 1º tempo e oito minutos do 2º tempo)

PALMEIRAS: Mateus; Garcia, Naves, Lucas Freitas e Vanderlan (Ian); Pedro Bicalho (Pedro Lima), Fabinho e Jhonatan (Kevin); Giovani (Vitinho), Endrick (João Pedro) e Gabriel Silva (Lucas Sena)
Técnico: Paulo Victor Gomes

SANTOS: Diógenes; Andrey (Rafael Moreira), Derick, Jair e Lucas Pires (Nyccolas); Jhonnathan, João Victor (Matheus Nunes) e Ed Carlos; Weslley Patati, Fernandinho (Pedrinho) e Rwan Seco
Técnico: Elder Campos

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA