728x90 (1)

CUIABÁ

Abílio é detido após se envolver em confusão com manifestante pró Emanuel

O choque de protestos, em frente à Prefeitura, acabou resultando em troca de farpas que terminou em agressões físicas

Publicados

em

O ex-vereador e candidato derrotado a prefeito de Cuiabá, Abílio Brunini, foi detido durante uma manifestação, na tarde desta quarta-feira (25), após se envolver em confusão com manifestante pró Emanuel Pinheiro (MDB), na Praça Alencastro, na Capital. A informação foi confirmada pela Polícia Militar (PM).

Abílio e os vereadores de oposição lembravam os quatro anos de divulgação de um vídeo do prefeito, em que supostamente recebia dinheiro de propina. Já outras lideranças protestavam contra a vinda do BRT, com intuito de ofuscar o movimento.

O choque de protestos, em frente à Prefeitura, acabou resultando em troca de farpas que terminou em agressões físicas. Por conta do confronto, Abílio e um homem, que não teve o nome revelado, foram detidos pela Polícia Militar (PM).

Veja vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Deputado Nininho confirma retomada de obras e projetos para a região sul
Propaganda

CUIABÁ

Câmara assina termo de cooperação para implantação do sistema Renalegis

A ferramenta possibilitará que o comércio acompanhe as matérias relativas ao setor que tramitam no Legislativo cuiabano

Publicados

em

A Câmara Municipal de Cuiabá assinou na tarde desta segunda-feira, 20 de setembro, o termo de cooperação técnica para implementação do sistema Rede Nacional de Assessorias Legislativas (Renalegis). O documento foi assinado pelo presidente da Casa, vereador Juca do Guaraná Filho (MDB), e pelo presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio/MT), José Wenceslau de Souza.
A ferramenta foi desenvolvida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), com o intuito de monitorar a tramitação de projetos de interesse das categorias do setor nas Casas Legislativas.
Segundo o presidente da Fecomércio, o legislativo cuiabano é o primeiro do Estado a aderir ao sistema, que deve começar a funcionar a partir de outubro.
“O Renalegis é um sistema que nos auxilia no acompanhamento de projetos tanto no Senado, na Câmara Federal e nas Assembleias Legislativas de todo o Brasil, e a partir de agora na Câmara de Cuiabá. O nosso objetivo é ajudar nos Projetos de Lei que tramitam nessas Casas”, disse.
O presidente da Casa destacou a importância do acompanhamento que será feito pelo setor nas matérias legislativas.
“É algo que vem a contribuir com os vereadores para que nós possamos continuar com uma gestão transparente e poder legislar em prol do povo cuiabano”, afirmou Juca.
Também estiveram presentes no encontro o secretário de Gestão Administrativa, Edilson de Carvalho, o chefe de gabinete, Eliezer Junior Fernandes, e a assessora jurídica da Fecomércio, Fabiola Corrêa.

Secom Câmara

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Emanuel diz que nova cepa encontrada em Cuiabá é "tragédia anunciada" e volta a cobrar doses extras
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA