728x90 (1)

CUIABÁ

Cuiabá inicia cadastro de vacinação contra Covid-19 para grupo entre 45 e 49 anos

Grupo de 18 a 44 anos continuará a ser agendado com doses dos faltosos

Publicados

em

A Prefeitura de Cuiabá deu início ao cadastro para vacinação Contra a Covid-19 em público de 45 a 49 anos. O Executivo informou que, ao mesmo tempo, as doses daqueles que faltarem à vacinação continuarão a ser agendadas para as pessoas de 18 a 44 anos.

Na última semana, as Defensorias Públicas da União e de Mato Grosso notificaram o secretário de Saúde (SMS) de Cuiabá, Célio Rodrigues da Silva, para que respeite as faixas etárias para imunização.

A notificação ocorre depois que a prefeitura de Cuiabá abriu cadastro para a vacinação de pessoas de 18 a 49 anos para substituir as imunizações dos faltosos.

LEIA MAIS: Defensorias notificam prefeitura de Cuiabá para que respeite faixas etárias em vacinação

De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) há poucas pessoas cadastradas de 50 anos acima sem comorbidades para serem agendadas.

“Sendo assim determinei que baixem a faixa etária para a imunização, para o público de 45 a 49 anos enquanto continuamos a usar as doses dos faltosos para pessoas de 18 até 44 anos”, disse. A imunização contra a Covid-19 segue determinação do Plano Nacional de Imunização (PNI) do governo federal.

Leia Também:  Covid-19: Saúde avança em negociações com laboratórios para vacinas | Agência Brasil

O secretário municipal de Saúde, Célio Rodrigues fez um alerta para que as pessoas compareçam aos polos de vacinação com toda a documentação necessária na data agendada.

“Estamos engajados nessa missão de eliminar o risco de contágio pelo coronavírus. Temos milhares de pessoas ansiosas em se imunizarem, mas ainda temos observado que uma parcela ainda tem deixado passar a oportunidade, seja porque querem escolher a vacina, por não se atentarem aos documentos ou outros motivos que fogem à nossa alçada. Por isso, é importante que todos façam sua parte para vencermos a pandemia”, disse.

Cadastro

Para se cadastrar, é necessário entrar no site cadastro.vacinacuiaba.com.br e preencher todos os campos obrigatórios. Deste modo, a pessoa entrará em uma fila de espera virtual. Quando ela for agendada, o sistema do site enviará uma mensagem de WhatsApp automática e/ou um e-mail para a pessoa informando que ela já está confirmada para ir tomar sua vacina.

No dia da vacinação, a pessoa deve levar o QR Code do agendamento impresso, um documento com foto e o comprovante de endereço de Cuiabá. A pessoa também deve estar com o cartão do SUS atualizado. No caso de vacinação pela categoria profissional, também é preciso apresentar declaração de vínculo funcional.

Leia Também:  Fiocruz debate indicadores da pandemia de covid-19 no país e no mundo

Já no caso das pessoas que se cadastraram pelos grupos de comorbidades ou deficiência permanente grave, além de gestantes, puérperas e lactantes, é preciso apresentar o laudo médico. As pessoas que já estão cadastradas não precisam realizar um novo cadastro. (Com assessoria)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CUIABÁ

Câmara assina termo de cooperação para implantação do sistema Renalegis

A ferramenta possibilitará que o comércio acompanhe as matérias relativas ao setor que tramitam no Legislativo cuiabano

Publicados

em

A Câmara Municipal de Cuiabá assinou na tarde desta segunda-feira, 20 de setembro, o termo de cooperação técnica para implementação do sistema Rede Nacional de Assessorias Legislativas (Renalegis). O documento foi assinado pelo presidente da Casa, vereador Juca do Guaraná Filho (MDB), e pelo presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio/MT), José Wenceslau de Souza.
A ferramenta foi desenvolvida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), com o intuito de monitorar a tramitação de projetos de interesse das categorias do setor nas Casas Legislativas.
Segundo o presidente da Fecomércio, o legislativo cuiabano é o primeiro do Estado a aderir ao sistema, que deve começar a funcionar a partir de outubro.
“O Renalegis é um sistema que nos auxilia no acompanhamento de projetos tanto no Senado, na Câmara Federal e nas Assembleias Legislativas de todo o Brasil, e a partir de agora na Câmara de Cuiabá. O nosso objetivo é ajudar nos Projetos de Lei que tramitam nessas Casas”, disse.
O presidente da Casa destacou a importância do acompanhamento que será feito pelo setor nas matérias legislativas.
“É algo que vem a contribuir com os vereadores para que nós possamos continuar com uma gestão transparente e poder legislar em prol do povo cuiabano”, afirmou Juca.
Também estiveram presentes no encontro o secretário de Gestão Administrativa, Edilson de Carvalho, o chefe de gabinete, Eliezer Junior Fernandes, e a assessora jurídica da Fecomércio, Fabiola Corrêa.

Secom Câmara

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Secretaria da Mulher realiza ato simbólico contra violência doméstica com transmissão virtual
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA