728x90 (1)

ENTRETENIMENTO

Parque natalino da Arena Pantanal estará fechado nesta sexta-feira (31)

As atividades do parque retornam no sábado (01.01), das 18h às 22h. A entrada é gratuita

Publicados

em

O parque natalino da Arena Pantanal, que integra a decoração do “Natal de Vida, Fé e Superação”, estará fechado para visitação nesta sexta-feira (31.12). As atividades do parque retornam no sábado (01.01) e seguem até o dia 9 de janeiro de 2022, das 18h às 22h. A entrada é gratuita.

O parque natalino, idealizado pela primeira-dama Virginia Mendes e coordenado pela Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (Unaf), em parceria com Assembleia Legislativa de Mato Grosso, conta com cenários e ambientes que recriam a história da mais emocionante festa cristã.

Serviço

A decoração do “Natal de Vida, Fé e Superação” foi montada nos corredores de acesso interno do estádio de futebol da Arena Pantanal, localizado na Av. Agrícola Paes de Barros, s/n – Verdão, em Cuiabá.

Período de visitação: De 10 de dezembro a 09 de janeiro, sempre das 18h às 22h
Entrada: Gratuita, mas quem desejar pode fazer sua doação de leite em pó e fraldas descartáveis

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Campanha Natal de Sentimentos’ será lançada nesta quarta-feira (1º) pela PM
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Morre a atriz Françoise Forton, a doutora Simone de O Clone

Françoise tinha 64 anos e lutava contra um câncer

Publicados

em

A atriz Françoise Forton faleceu no Rio de Janeiro, aos 64 anos, na tarde deste domingo, 16 de janeiro. De acordo com a coluna do jornalista Ancelmo Gois, Françoise estava internada na Clínica São Vicente há mais de 4 meses lutando contra um câncer.

Ela deixa o marido, Eduardo Barata, e o filho Guilherme Forton Viotti. A atriz fez mais de 40 novelas, mas estava sem atuar na TV desde 2019, quando participou de “Amor Sem Igual”, na Record TV.

Atualmente, Françoise Forton está no ar pela reprise de “O Clone”, no “Vale a Pena Ver de Novo”, no papel da doutora Simone, peça-chave para a descoberta de que Albieri (Juca de Oliveira) clonou Lucas (Murilo Benício) e braço direito de Deusa (Adriana Lessa) na batalha judicial pelo reconhecimeto de Léo, o clone, como filho dela.

 

A atriz também pode ser vista interpretando Gilda na reprise de “Sonho Meu” (1993), no ar de segunda a sábado pelo Canal VIVA.

Françoise já tinha tido câncer em 1989, quando estava gravando “Tieta”. Em mais de cinquenta anos de carreira na TV, fez inúmeras novelas, como “Estúpido cupido” (“1976”), “Bebê a bordo” (1988), “Tieta” (1989), “Meu bem, meu mal (1990), “Perigosas peruas” (1992) e “O Clone” (2001).

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Vôlei: Copa Brasil masculina começa nesta quarta-feira
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA