728x90 (1)

ENTRETENIMENTO

Projeto “Pedal 4 Bravo” da PM completa um ano de criação e se consolida entre ciclistas

Publicados

em

O projeto “Pedal 4Bravo”, idealizado pelo 4º Batalhão da Polícia Militar, comemorou,  na noite desta segunda-feira (25.10), um ano de criação e de aproximação com a comunidade. Após a atividade esportiva, cerca de 400 ciclistas se reuniram no bairro Jardim Ouro Branco, em Várzea Grande, para a festividade.

Com a missão de promover qualidade de vida e segurança aos praticantes do ciclismo, o projeto reúne centenas de ciclistas todas às segundas-feiras pelas ruas de Cuiabá e Várzea Grande. Além da organização e da divulgação pelas redes sociais, a Polícia Militar faz a escolta e o acompanhamento dos participantes durante todo o trajeto. “O Pedal 4Bravo é o pedal da família, da qualidade de vida. Hoje, ele é considerado um dos principais pedais do Estado de Mato Grosso e já faz parte do calendário esportivo da cidade de Várzea Grande”, destacou o comandante do batalhão, o tenente-coronel Jean Araújo de Lima.

O pedal comemorativo de um ano terminou com show da banda musical da PM e sorteio de diversos brindes doados por colaboradores, ação destacada pelo comandante do batalhão, que exaltou ainda o empenho e a dedicação dos policiais militares para o sucesso do projeto.

Leia Também:  Nayara Moura anuncia saída do Bom Dia MT e volta para Goiânia

“Os policiais cumprem a sua jornada normal de trabalho e, voluntariamente, colaboram com o balizamento e a escolta dos ciclistas no período noturno. É preciso agradecer também o papel importante da Secretaria de Mobilidade Urbana (SEMOB), do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), do Corpo de Bombeiros, da própria comunidade e dos diversos agentes sociais, parceiros neste projeto”, completou.

Fonte: Assoaria da PMMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Após casório em festa junina infantil, casal se reencontra 17 anos depois e casa ‘de verdade’: ‘foi a primeira menina que eu gostei’

Caio e Leidiane se reencontraram no trabalho, em 2021, trocaram lembranças dos tempos da escola e começaram a namorar. Em junho de 2022, casal decidiu oficializar o casamento.

Publicados

em

Um casamento “de mentirinha” na festa junina da escola em 2004 acabou sendo prenúncio para o que aconteceria quase duas décadas depois para um casal de Piracicaba (SP). Os jovens Leidiane e Caio Lima se reaproximaram 17 anos após o casório caipira e casaram de novo, dessa vez de verdade.

Tudo começou em meados de 2004, quando Leidiane foi escolhida para ser a noivinha na festa junina, no último ano em que frequentaria uma escola. O noivo, Caio, foi escolhido em seguida. “Ele só foi escolhido para dançar comigo porque ele era o único que cabia no terno, porque era muito grande”, contou Leidiane.

O que a noiva não sabia era que Caio já tinha uma “quedinha” por ela. “Ela foi a primeira menina que eu gostei. Eu achava ela toda bonitinha assim. Era um negócio meio unânime na nossa turma, os outros meninos, amigos meus e tal, todos gostavam dela”, lembrou Caio.

“Eu achava ela demais porque os meninos iam falar com ela e ela dava uns ‘tocos’. Eu adorava, ficava olhando de longe. Não tinha coragem de falar para não tomar toco também, mas eu ficava olhando”, brincou.

A festa da escolinha rendeu fotos, naquela época reveladas e guardadas pelas famílias dos dois. Depois daquele ano, cada um seguiu sua vida e eles não estudaram mais juntos.

Leia Também:  Nego do Borel sofre acidente de moto e é socorrido no Rio de Janeiro

Fonte: g1

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA