728x90 (1)

ESPORTES

Após derrota contra o Santos, Sylvinho é demitido do Corinthians

Publicados

em

Sylvinho não é mais técnico do Corinthians. A derrota por 2 a 1, de virada, para o Santos, na Neo Química Arena, na última quarta-feira (2), pela terceira rodada do Campeonato Paulista, foi a gota d´água para a saída do treinador.

Nas arquibancadas da Neo Química Arena, os protestos foram intensos por parte de todos os setores após o revés diante do Peixe. logo após o apito final, a Gaviões da Fiel, principal torcida uniformizada do Timão, inclusive, marcou um protesto para este sábado (5), pedindo a demissão do profissional, o que não houve tempo para acontecer, já que o técnico foi demitido antes.

Desde a chegada ao Corinthians, Sylvinho sempre esteve pressionado. No ano passado, mesmo comandando o time para uma vaga direta à fase de grupos da Libertadores em 2022, foram inúmeras vezes que o treinador foi vaiado e teve o seu desligamento solicitado, até de maneira oficial por torcidas organizadas.

No último domingo (30), mesmo com a vitória por 1 a 0 diante do Santo André, no estádio Bruno José Daniel, Sylvio não foi poupado, e novamente foi alvo de críticas da torcida corintiana ao fim do jogo.

Leia Também:  Nova Mutum irá estrear no estadual no dia 28 de fevereiro, à tarde, contra o Ação

A confiança da diretoria e o bom relacionamento com os jogadores sempre foi trufo do treinador, mas não foi o suficiente após a derrota no Clássico Alvinegro.

Após o jogo, em Itaquera, Sylvinho foi rapidamente aos vestiários e teve uma reunião com membros da diretoria. O treinador não participou nem na roda de conversa e oração com os jogadores, depois da partida, como era de praxe.

O técnico deixa o Timão após 43 jogos, sendo 16 vitórias, 14 empates e 13 derrotas, um aproveitamento de 48%.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

São Paulo bate Ceará nos pênaltis para avançar à semi da Sul-Americana

Tricolor enfrenta o Atlético-GO na próxima fase da competição

Publicados

em

O São Paulo derrotou o Ceará por 4 a 3 na disputa de pênaltis, na noite desta quarta-feira (10) no Castelão, para se classificar para as semifinais da Copa Sul-Americana. Nos 90 minutos o Vozão triunfou por 2 a 1, o que obrigou que a vaga fosse definida nas penalidades, pois o Tricolor venceu na ida por 1 a 0.

Agora a equipe comandada pelo técnico Rogério Ceni terá o Atlético-GO como adversário na próxima fase da competição.

A equipe comandada pelo técnico Marquinhos Santos começou pressionando, criando oportunidades com Mendoza. Mas, com o decorrer da partida, o São Paulo foi equilibrando as ações, e chegou a finalizar com Galoppo, Miranda e Calleri.

Porém, o Ceará melhorou muito nos minutos finais e abriu o placar já aos 43 minutos, quando Richardson cruzou para Mendoza, que ganhou no alto para cabecear para o fundo do gol defendido por Felipe Alves.

A equipe de Rogério Ceni não se entregou e conseguiu igualar o marcador no segundo tempo, com o lateral Igor Vinícius aos 8 minutos após boa trama coletiva. Porém, a alegria são-paulina durou pouco, pois aos 17 o volante Guilherme Castilho bateu de primeira para botar o Vozão em vantagem novamente.

Leia Também:  Brasileiro: Fluminense goleia Corinthians e dá salto na classificação

Como o placar permaneceu sem mais alterações até o final dos 90 minutos, a vaga teve que ser definida nas penalidades máximas, nas quais o São Paulo mostrou mais eficiência para triunfar por 4 a 3.

Após a partida decisiva pela Sul-Americana, as equipes se concentram no Brasileiro, onde o São Paulo mede forças com o Bragantino no domingo (14) e o Ceará disputa clássico com o Fortaleza no mesmo dia.

Fonte: Agência Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA