728x90 (1)

Copa América

Emanuel diz que nova cepa encontrada em Cuiabá é “tragédia anunciada” e volta a cobrar doses extras

Publicados

em

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), disse que vai recorrer à bancada federal e ao Ministério da Saúde para que acelerem o envio de doses extras das vacinas contra a Covid-19 para Cuiabá após ter sido constatada uma cepa colombiana na Capital mato-grossense.

À imprensa, o prefeito afirmou que vai pedir ao deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o popular Emanuelzinho (PTB), e ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para que intermedeiem junto ao Plano Nacional de Imunização (PNI) o envio dos imunizantes à população cuiabana.

No início de junho, Emanuel pediu ao ministério da Saúde e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) doses extras da vacina contra a covid como contrapartida da realização da Copa América.

“Eu vou reiterar com o deputado federal Emanuelzinho, ao Ministério da Saúde que acelere junto ao PNI o nosso pleito de doses extras de vacina para Cuiabá em virtude de termos sido da Copa América”, disse Emanuel na manhã desta segunda-feira (12).

NOVA CEPA EM CUIABÁ

Leia Também:  Trump volta atrás e rescinde suspensão de vistos para estudantes estrangeiros

Uma análise do Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, feita em testes positivos de um colombiano e de um equatoriano constou a variantes de interesse B 1.216, cepa colombiana. As seleções (Colômbia e Equador) se enfrentaram no dia 13 de junho na abertura da Copa América, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

O prefeito, que sempre se posicionou contrário à realização do torneio sul-ameircano, classificou a variante como uma “tragédia anunciada”. Além disso, Emanuel afirmou que seus “rivais” políticos tentaram “politizar” o seu posicionamento.

“Iniciamos a semana com essa notícia dramática, angustiante e preocupante. Essa notícia acaba sendo uma confirmação de uma tragédia anunciada. No momento que eu me posicionei contrário à realização da Copa América em Cuiabá, muitos me criticaram e tentaram politizar aquela minha posição. Mas, eu sempre deixei claro que a minha postura, a minha posição era exatamente em virtude do momento em que vivemos.

“Eu tentei alertar, eu alertei, fiquei gritando no deserto. Literalmente, gritei no deserto, fizeram ouvidos moucos, não quiseram me ouvir, tentaram politizar a minha angústia, a minha preocupação no momento em que eu dizia que era desaconselhável realizar a Copa América em Cuiabá”, alertou.

Leia Também:  Projeto de lei garante que policiais e bombeiros militares tenham cautela de armas

Por fim, o prefeito voltou a criticar o governo estadual e afirmou que a Copa América em Cuiabá foi realizada sem nenhum planejamento.

“Não houve discussão, um planejamento das medidas de biossegurança, não houve segurança de barreiras sanitárias. Não tivemos tempos, nem condições e nem sequer os municípios foram ouvidos para que pudéssemos juntos tomarmos as decisões e medidas necessárias para proteger a população. Foi tudo, como diz o ditado, goela abaixo”.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Copa América

Copa do Brasil: após sofrer goleada, São Paulo vira a chave e mira o Vasco

Equipes se enfrentam nesta quarta, às 20h30 no jogo de ida das oitavas de final

Publicados

em

A goleada de 5 a 1 sofrida para o Flamengo pelo Campeonato Brasileiro já faz parte do passado. Assim, o São Paulo centra o foco na Copa do Brasil onde recebe o Vasco nesta quarta, às 21h30, no Morumbi, disposto a dar um primeiro passo na sequência do torneio. A partida vale pelo jogo de ida das oitavas de final e a volta acontece na semana que vem, em São Januário.

O desafio maior de Crespo é manter a regularidade do grupo. Antes da derrota para os cariocas, a equipe tricolor havia obtido um resultado contundente ao se classificar para as quartas da Libertadores diante do Racing, na Argentina. O resultado do final de semana no Rio acabou sendo uma ducha de água fria nesse processo de estabilizar o emocional do grupo.
“O resultado não refletiu o que foi o jogo (contra o Flamengo). Queremos respeitar todas as competições e sabemos que temos elenco que pode fazer isso. Mas estamos com um time em construção e o calendário não ajuda”, afirmou.
Para o confronto diante do Vasco, Crespo ainda depende de uma conversa com o departamento médico para saber com quem vai poder contar. Luciano e William têm mais chances de reaparecer. O atacante se recupera de um estiramento muscular, mas está em fase adiantada de recuperação. O volante William, com pancada no joelho, também deve estar à disposição do treinador. Já Luan e Eder devem seguir de fora.
Garantido na escalação desta noite, o zagueiro Arboleda disse que o grupo deve tirar lições da derrota sofrida no Maracanã. “Tomamos gols de bola parada por desconcentração no momento de fazer a marcação. Esses detalhes são muito importantes no momento de se definir uma partida”, comentou o jogador.
O ex-vascaíno Benítez vai ser um trunfo importante para o treinador argentino. Além da sua capacidade de criação, ele conhece muito bem o time carioca. “Jogar com seriedade e ter tranquilidade no momento de definir as jogadas. Conseguimos resultados importantes esse ano e sabemos da nossa qualidade”, disse.
Mas se o São Paulo tenta se reconstruir para seguir forte na Copa do Brasil, o Vasco vem embalado após a estreia de Lisca como treinador (goleada de 4 a 1 sobre o Guarani pela Série B). A tendência é que ele mantenha a base do time titular.
O novo comandante aposta na boa fase de Marquinhos Gabriel no meio de campo e também no faro de gol do argentino Germán Cano para tentar surpreender o São Paulo no Morumbi. Gabriel Pec e Léo Jabá devem completar o setor ofensivo.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Projeto quer visita à cozinha de bares e restaurantes em Mato Grosso
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA