728x90 (1)

ESPORTES

Davó, Cafú, Éderson, Everaldo, Sornoza… Corinthians terá volta de emprestados e espera propostas

Veja a situação dos jogadores que pertencem ao Timão e estão em outros clubes

Publicados

em

Everaldo, Jonathan Cafu e Éderson são alguns dos emprestados pelo Corinthians

Com a temporada 2021 se aproximando do fim, o Corinthians se prepara para receber o retorno de jogadores que estão emprestados a outros clubes até dezembro deste ano. A prioridade do Timão é tentar lucrar com eventuais transferências destes atletas, e a tendência é de que poucos ou até mesmo nenhum deles seja aproveitado na próxima temporada.

A lista dos que voltarão a ter vínculo com o Corinthians a partir de janeiro é extensa e conta com o zagueiro Caetano, o lateral Matheus Alexandre, os volantes Éderson e Matheus Jesus, os meias Fessin e Sornoza e os atacantes André Luis, Everaldo, Janderson, Jonathan Cafu, Matheus Davó e Rafael Bilu.

Dentre todos estes, o jogador de maior destaque nesta temporada foi Éderson, que disputou 52 partidas pelo Fortaleza e tem sido um dos protagonistas da equipe, atualmente sexta colocada do Brasileirão.

O bom desempenho do volante fez o clube cearense tentar a compra do jogador há algumas semanas, mas a negociação com o Corinthians não evoluiu. De olho em possíveis ofertas do exterior, a diretoria alvinegra não tem pressa para definir a situação dele.

Éderson tem contrato com o Timão até janeiro de 2025. No meio do ano ele foi procurado pelo Newcastle, mas a venda do clube inglês para um consórcio da Arábia Saudita esfriou as conversas.

Leia Também:  Boca Jrs x Corinthians: onde assistir ao jogo desta terça pela Libertadores

Caso não surjam interessados em levar o jogador, a utilização dele pelo Corinthians não está descartada. O mesmo já não vale para outros jogadores.

Matheus Davó, por exemplo, já sabe que não ficará no Philadelphia Union, clube dos Estados Unidos no qual ele chegou em agosto. Desde então, ele disputou apenas uma partida. O atacante de 22 anos tem contrato com o Timão até o fim de 2023, mas não está nos planos para a próxima temporada.

Quem também tem vínculo por mais duas temporadas e não deve permanecer é Jonathan Cafú, que defendeu o Cuiabá em 2021. O atacante recebeu sondagens da Arábia Saudita e pode ser negociado novamente.

O Corinthians não irá se opor caso apareçam interessados em levar os atacantes André Luis, Everaldo e Janderson. O primeiro tem contrato até o fim do ano que vem, enquanto os demais possuem vínculos mais longos, até o meio e o fim de 2023, respectivamente.

Dentre todos os atletas em fim de empréstimo, o que teve mais oportunidades com a camisa alvinegra foi o meia Sornoza, que disputou 50 partidas e fez um gol pelo clube em 2019. Depois disso ele foi emprestado à LDU, do Equador, e ao Tijuana, do México, antes de ir para o também equatoriano Independiente Del Valle, time no qual tem sido titular.

Leia Também:  Odair Hellmann aceita proposta do exterior e deixa Fluminense

Aos 27 anos e com contrato com o Corinthians até o fim do ano que vem, Sornoza pode ser reemprestado ao Del Valle. A diretoria alvinegra prefere uma venda, mas sabe que é difícil recuperar o investimento de R$ 11,5 milhões no meia. As negociações para a permanência do jogador em sua terra natal já foram iniciadas.

A relação de atletas cedidos pelo Corinthians a outros clubes ainda conta com Bruno Méndez (Internacional), Mateus Vital (Panathinaikos, da Grécia), Ramiro (Al-Wasl, dos Emirados Árabes Unidos), Madson (Estrela Amadora, de Portugal) e Léo Natel (Apoel, do Chipre). Todos eles têm contrato de empréstimo até o meio do ano que vem e são vistos com bom potencial para venda.

A arrecadação com transferências de atletas é fundamental para as finanças do Timão. Em 2021, o clube estipulou a meta de R$ 95 milhões de receita com negociações, mas a diretoria já admite que o valor previsto não será atingido.

Da Redação: GE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão

De virada, Cuiabá vence Avaí no Brasileiro e deixa a zona de rebaixamento

Publicados

em

Avaí recebeu o Cuiabá neste domingo, na Ressacada, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, e saiu derrotado por 2 a 1, de virada. Eduardo marcou para os mandantes. Valdívia e Joaquim decretaram a vitória do Dourado.

Os donos da casa agora somam três jogos em jejum. Com o resultado, a equipe permanece na 11ª colocação, com 18 pontos. Já os visitantes saem da zona de rebaixamento e vão a 16 somados, na 16ª posição.

Agora, o Avaí entra em campo apenas no próximo sábado contra o Red Bull Bragantino, pelo Brasileiro, em casa, às 16h30 (de Brasília). Já o Cuiabá recebe o Botafogo um dia depois, no domingo, às 19 horas.

Primeiro tempo

Apesar do Cuiabá começar a partida com boas chances, quem abriu o placar foi seu adversário. Aos sete minutos, Rafael Gava cobrou escanteio e Marllon subiu mais que todos para cabecear, mas a bola passou raspando a trave.

Na sequência, foi a vez de Osorio receber bom passe e tocar para Rodriguinho na área. O meia tentou finalizar mas furou. O Avaí começou a chegar bem no ataque e aos 29 minutos estreou o marcador. Morato chutou forte para o gol e viu Walter fazer boa defesa, porém Eduardo aproveitou o rebote para balançar a rede.

Leia Também:  FMF confirma volta do campeonato Mato-grossense para novembro

Nos minutos finais, Uendel fez linda jogada pela esquerda e passou para Valdivia. O meia finalizou de primeira e quase acerta o ângulo

Segundo tempo

A reviravolta veio nos 45 minutos restantes. Logo no início, Gava cobrou falta e a zaga do Avaí afastou, porém Valdivia ficou com a bola. Ele finalizou de longe e empatou a contagem. Após pressão do Cuiabá, o time conseguiu chegar a virada.

Osorio cobrou escanteio e Douglas defendeu o cabeceio de Rodriguinho. Na sobra, Joaquim esticou o pé para empurrar para o gol e virar o jogo.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ X CUIABÁ

Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 3 de julho de 2022, domingo
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima
Assistentes: Leirson Peng Martins e Luanderson Lima dos Santos

Gols
Avaí: Eduardo, aos 29 min do 1ºT
Cuiabá: Valdívia, aos 3 min do 2ºT, e Joaquim, aos 17 min do 2ºT

AVAÍ: Douglas; Kevin, Raniele, Arthur e Cortez; Eduardo (Gustavo Santos), Lucas Ventura (Jean Pyerre) e Bruno Silva; Muriqui, Bissoli e Morato
Técnico: Eduardo Barroca

CUIABÁ: Walter; João Lucas (Daniel Guedes), Joaquim, Marllon, e Uendel; Rafael Gava (Marcão Silva), Osorio (Paulão), Camilo e André Luís, Rodriguinho e Valdívia (Felipe Marques)
Técnico: António Oliveira

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA