728x90 (1)

ESPORTES

Dupla de Bruno Soares decide título antes de Australian Open

Publicados

em

Dupla de Bruno Soares decide título antes de Australian Open

A dupla formada pelo mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray decide neste domingo (7), à 1h (horário de Brasília), o título do Ocean Road Open, um dos torneios da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) que são disputados simultaneamente em Melbourne (Austrália) como preparação para o Australian Open, que começa na próxima segunda-feira (8). Na primeira final desde a retomada da parceria após um ano separados, terão pela frente os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, atualmente líder e vice-líder, respectivamente, do ranking da ATP.imagem06-02-2021-20-02-11imagem06-02-2021-20-02-12

Neste sábado (6), Soares e Murray superaram uma rodada dupla, com jogos pelas quartas de final e semifinal. Primeiro venceram os cazaques Andrey Golubev e Alexander Bublik por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 10/7. Depois bateram o croata Ivan Dodig e o eslovaco Filip Polasek por 2 a 0, anotando 6/2 e 7/6 (7/0). O brasileiro é o sétimo do ranking mundial de duplas. O britânico, parceiro de Soares, está na 23ª posição.

No mesmo torneio, mas na chave de simples, o cearense Thiago Monteiro parou na semifinal. O tenista número um do Brasil e 83º do mundo foi derrotado pelo italiano Stefano Travaglia (71º), por 2 sets a 0 (6/4 e 6/3). Foi a melhor campanha do brasileiro em um torneio de nível ATP 250 em quadra dura. O desempenho em Melbourne renderá 90 pontos a ele, que deve ganhar dez posições na próxima atualização do ranking mundial.

Leia Também:  Suspeito de dupla tentativa de homicídio é preso em flagrante pela PM

        Ver essa foto no Instagram                      

Uma publicação compartilhada por Thiago Monteiro (@thiagomonteiro94)

Murray River Open

Ainda em Melbourne, mas pelo Murray River Open, outro torneio que antecede o Australian Open, Marcelo Demoliner caiu na semifinal. A parceria entre o gaúcho, 44º do ranking da ATP, e o mexicano Santiago Gonzalez, 48º, levou a melhor no primeiro jogo de sábado, contra os britânicos Cameron Norrie e Jonny O’Mara, de virada, por 2 sets a 1 (4/6, 7/5 e 10/3), mas foi superada na sequência pelos franceses Jeremy Chardy e Fabrice Martin pelo mesmo placar, com parciais de 7/6 (7/4), 6/7 (2/7) e 8/10.

Já Marcelo Melo foi derrotado uma fase antes, nas quartas. O mineiro, número nove do mundo, e o romeno Horia Tecau, 22º, perderam da dupla formada pelo uruguaio Ariel Behar e o equatoriano Gonzalo Escobar, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/3. Foi a primeira das duas competições que o brasileiro e o europeu atuarão juntos, a próxima é justamente o Australian Open. O parceiro oficial de Melo é o holandês Jean-Julien Rojer, que não viajou para os torneios porque será pai ainda este mês.

Leia Também:  Vasco e Portuguesa estreiam no Carioca

“Não acho que jogamos mal, jogamos normal. Foi bom ter feito dois jogos para melhorar meu entrosamento com o Horia. Nos momentos importantes, o entrosamento deles acabou prevalecendo um pouco. Mas acho que foi um bom jogo. Importante agora é saber que treinamos bem”, declarou o mineiro em nota à imprensa.

Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2021-02/dupla-de-bruno-soares-decide-titulo-antes-de-australian-open

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão

Cuiabá reverte desvantagem de dois gols, empata com o Fluminense e segue sonhando com G6

Publicados

em

O Cuiabá conseguiu um importante resultado na briga pelo G6 do Campeonato Brasileiro. Há pouco, a equipe comandada pelo treinador Jorginho empatou em 2 a 2 com o Fluminense, após sair perdendo por 2 a 0 no primeiro tempo.

Com o resultado, o Fluminense fica em 8º, com 29 pontos. Já o Cuiabá está uma posição abaixo, em 9º, com 28 pontos.

O Cuiabá volta a campo no próximo domingo (26), contra o Atlético Goianiense, em partida que será disputada no estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO). No mesmo dia, o Fluminense encara o Bragantino, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

O jogo – Mesmo jogando fora de casa, o Fluminense precisou de apenas quatro minutos para abrir o placar. Luiz Henrique avançou pelo lado direito, chutou de fora da área e venceu o goleiro Walter, marcando um golaço.

O Tricolor carioca ainda ampliou aos 19, quando, após tabela pelo lado esquerdo, Danilo Barcelos cruzou na área e Bobadilla cabeceou, sem chances para Walter. A chance para o Dourado ampliar veio dois minutos depois, quando Lucas Ramon cruzou para na área e Samuel tentou cortar, mas acabou atingindo Rafael Elias.

Leia Também:  Igor Vinicius do São Paulo não se recupera e desfalca time contra o Lanús

O árbitro viu pênalti e Jonathan Cafu foi para a cobrança. O atacante bateu no canto esquerdo e o goleiro Marcos Felipe chegou a pular na bola, mas não alcançou.

No segundo tempo, logo aos 4 minutos, Luiz Henrique tocou para Nonato na área. O volante bateu e marcou o terceiro do Fluminense. Porém, após checagem no VAR, a arbitragem entendeu que Caio Paulista, em posição irregular, atrapalhou Walter no lance. Assim, o gol acabou anulado.

O Cuiabá tentou pressionar, mas foi o Fluminense que criou uma boa oportunidade aos 12 minutos. Caio Paulista avançou e arriscou de fora da área. A bola passou perto da meta defendida por Walter.

O Tricolor seguiu pressionando e, aos 22, Luiz Henrique tentou chutar dentro da área, mas Marllon fez o corte. Pouco depois, o atacante recebeu de Lucca e chutou no canto para grande defesa do goleiro Walter.

Além de conseguir suportar a pressão do Fluminense, o Cuiabá ainda conseguiu chegar ao empate, aos 30. Felipe Marques recebeu de Yesus Cabrera e, livre, chutou para deixar tudo igual.

Leia Também:  STF decide que contribuição previdenciária patronal incide no terço de férias

O Tricolor ainda teve grande oportunidade de desempatar a partida, aos 44 do segundo tempo. Arias fez jogada individual e bateu forte de fora da área. Walter, porém, impediu o gol dos cariocas. Aos 46, John Kennedy pegou de primeira e a bola passou perto do gol.

No final, o Cuiabá ainda teve o zagueiro Marllon expulso, por deixar o braço em Yago Felipe. Desta forma, o defensor desfalca o Dourado no jogo contra o Atlético-GO.

Após a expulsão, o Fluminense ainda teve outras chances, tornando o final da partida dramático para o Cuiabá. Na primeira, Cazares cobrou falta por cima do gol. Aos 55, Lucca cabeceou e a bola passou perto do gol.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA