728x90 (1)

GERAL

Acidente gravíssimo deixa seis mortos em rodovia de MT; VEJA FOTOS; CENAS FORTES

Publicados

em

Na noite deste sábado (11) um gravíssimo acidente entre um veículo Volkswagen Gol e uma Toyota Corolla deixaram seis pessoas mortas e quatro gravemente feridas na BR-364, cerca de 45 km do perímetro urbano de Campo Novo do Parecis (400 km da Capital).

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o resgate do Corpo de Bombeiros foram acionados para fazer o socorro das vítimas.

No local, os paramédicos encontraram seis pessoas caídas no meio da rodovia, entre elas um bebê de dois anos, todos já sem vida. Outras quatro ainda estavam nos veículos e foram resgatadas pelos bombeiros em estado grave.

Receberam atendimento de primeiros socorros do Samu e foram encaminhadas ao hospital do município. Ainda não há informações sobre o atual estado de saúde.

A Polícia Militar (PM) isolou o local e comunicou o fato à Delegacia de Polícia Civil e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

Ainda não há informações oficiais das circunstâncias do acidente, mas de acordocom informações, o Corolla, que tinha 7 ocupantes, teria batido violentamente na traseira do Gol, que era ocupado por três pessoas.

Leia Também:  Urgente: Grave acidente com duas carretas na BR-163

Com o impacto, 5 adultos e o bebê foram arremessados para fora dos veículos e quatro firam completamente destruídos à margem da BR.

Os peritos analisaram as condições em que os corpos foram encontrados e todo o perímetro para coletar informações das causas do acidente. Um fato que chamou atenção foi a não identificação de marcas de frenagem no asfalto.

Em seguida, os cadáveres foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), onde passaram por exame de necropsia.

Ainda não há informações sobre a identidade das vítimas.

Os investigadores acompanharam os trabalhos no local, coletaram informações preliminares com a perícia e aguardam laudo técnico com mais informações que darão base à apuração dos fatos.

VEJA FOTO:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Médica hostiliza reportagem da Record TV após ser pega em festa clandestina

Publicados

em

Reprodução Record TV

Na madrugada de domingo (18) para segunda-feira (19), a Polícia Civil barrou alguns eventos, incluindo uma balada de luxo com cerca de 1.500 pessoas em São Paulo. Ao filmar a saída das pessoas, a equipe da Record TV acabou hostilizada por uma mulher que disse ser médica.

Isso para mim não vale nada, câmera para mim não vale, eu estou aqui comemorando o aniversário de um grande amigo meu… e você está fazendo o que? Está fazendo o que?”, questionou a mulher. “Trabalhando”, respondeu o cinegrafista.

Em seguida, infratora voltou a hostilizar a equipe: “Trabalhando como? Como você trabalha? Você fica muda, você não tem fala, você sabe o que você faz? Eu salvo vidas, você fica aí filmando os outros”, disse a suposta médica, que arrumou a máscara de proteção contra Covid-19 algumas vezes.

Em resposta ao ataque à reportagem, Geraldo Luís defendeu os jornalistas. “Doutora, se a senhora salva vidas mesmo, você sabe que o que salva vidas é máscara e não aglomeração. A senhora estava no meio de uma aglomeração e só colocou a máscara porque a câmera está aí. Agora, ser desonesta e desrespeitosa com colega de trabalho, que deixou sua família de madrugada… certamente é um pai de família… para ficar aguentando arrogância? Se pessoas como vocês estivessem salvando vidas em hospitais ao invés de aglomerando, você saberia o que ele está fazendo aí”, iniciou o apresentador do “Balanço Geral”.

Leia Também:  Urgente; Filho de Bolsonaro sofre acidente no Ceará e vai parar no hospital

“Se você não sabe o que ele está fazendo aí, é justamente o que você deveria estar fazendo, trabalhando”, encerrou o jornalista. Assista ao vídeo da suposta médica aqui.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA