728x90 (1)

GERAL

Aprenda as receitas de melado e rapadura de cana-de-açúcar

Quem ensina o passo a passo é o agricultor Onildo Machado, de Rio Verde. Veja o passo a passo dos dois doces.

Publicados

em

As duas receitas do Jornal do Campo deste domingo (3) são doces feitos a partir do caldo de cana-de-açúcar conhecidos como rapadura e melado. Ele é levado ao fogo em um tacho e quando pronto tem um formato parecido com o de uma vela derretida.

Quem ensina o passo a passo é o agricultor aposentado Onildo Machado, que faz os doces desde quando era criança em Rio Verde, sudoeste de Goiás.

Ingrediente

  • Caldo de cana-de-açúcar

Passo a passo para o melado

 

O primeiro passo é moer a cana até obter o caldo, também conhecido como garapa. Ao ser retirado da cana, o caldo vai direto para o tacho. O processo pode levar até 2 horas no fogão à lenha até o caldo começar a engrossar, quando as impurezas que ficam sobre a calda são retiradas com uma concha.

Logo após a retirada da impureza do caldo, é necessário mexer até chegar na consistência de vela, o que indica que está no ponto ideal.

Assim que obter o ponto correto, coloque o líquido grosso nos potinhos de sua preferência e espere esfriar para poder comer.

Leia Também:  Morre atriz Mabel Calzolari aos 21 anos após luta contra doença rara

Passo a passo para a rapadura

 

Siga todos os passos da receita anterior até o momento do ponto ideal do caldo, porém, após atingir esta consistência, leve-o para o gamelão.

Coloque o líquido grosso no gamelão para poder continuar mexendo até parar de “granar” e atingir o ponto correto da rapadura (veja no vídeo).

Assim que obter o ponto correto, coloque o líquido grosso nas formas de sua preferência e espere endurecer por aproximadamente 30 minutos para poder comer.

LEIA TAMBÉM

Veja outras notícias da região no g1 Goiás.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Mato Grosso tem 13 casos suspeitos de varíola dos macacos

Existem dois casos confirmados da doença de dois homens em Cuiabá

Publicados

em

Mato Grosso tem 13 casos suspeitos de monkeypox vírus, popularmente conhecido como varíola dos macacos. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) até o momento não foi registrado mortes em decorrência da doença.
Os dois casos envolvem homens que moram na capital, de 39 e 40 anos, que estiveram fora da cidade e apresentam sintomas leves da doença.

Dos 13 casos suspeitos da doença no estado, quatro são de Várzea Grande, três em Cuiabá, três em Rondonópolis, um em Sorriso, um em Livramento e um em Barra do Garças.

Sintomas e prevenção

Os principais sintomas da varíola dos macacos são linfonodos inchados, lesões na pele, febre, dor de cabeça, dores musculares e dores nas costas. Caso haja a manifestação destes sintomas, procure uma Unidade Básica ou de Pronto Atendimento.

Para a prevenção da doença, coloque em prática as medidas de biossegurança, como o uso de máscaras, distanciamento físico e higienização das mãos, e evite tocar em lesões ou compartilhar objetos com pessoas infectadas.
A atualização foi feita nesta quinta-feira (11).

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Previsão do tempo: Alerta para temporais com granizo em MT nesta sexta-feira
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA