728x90 (1)

MATO GROSSO

Inaugurada nova sede das Promotorias de Justiça em Nova Mutum

Publicados

em

Foi inaugurada nesta quarta-feira (11), a nova sede das Promotorias de Justiça em Nova Mutum. O prédio foi viabilizado através de convênio firmado entre o Ministério Público e a Prefeitura no ano de 2019.
O prédio tem dois pavimentos e 1.709,67 m² de área construída. No piso térreo estão localizados o Espaço Luz, Assistência Social, auditório com 94 assentos, sala de apoio, arquivo, copa e banheiros. No primeiro andar ficam as salas dos promotores e assessores, sala do Núcleo Vida Plena e outra copa. Além disso, há 10 vagas de garagem para promotores de Justiça e 33 vagas para visitantes. A área do terreno é de 4 mil m².
O prefeito Leandro Félix Pereira disse que a nova sede do Ministério Público acompanhará o crescimento da cidade nos próximos 30 anos.
“Isso demonstra que quando a política é tratada de forma correta, os benefícios são voltados a própria população. A nova sede foi construída com essa parceria e é uma honra poder participar desta entrega. Já é um ambiente preparado para o crescimento da nossa cidade” – destacou.

Leia Também:  Juíza Sinii nomeia administrador provisório na Assembleia de Deus

“Foram dois anos e meio de construção devido a pandemia, porém essa parceria entre o Ministério e a Prefeitura é de suma importância. Nunca havíamos feito parceria nesse sentido e demonstra o nosso respeito e confiança na administração municipal”, ressaltou o procurador-geral de Justiça de Mato Grosso, José Antônio Borges Pereira.
O edifício atende todas as normas de acessibilidade. O valor investido na obra foi de R$ 4,1 milhões. A Promotoria de Justiça de Nova Mutum é de entrância final, onde atuam três promotores de Justiça nas áreas cível e criminal. A nova sede está localizada na Avenida dos Beija-Flores, esquina com a Rua Helicônias, quadra 81, bairro Jardim das Orquídeas.

Homenagem

O prédio leva o nome da procuradora de Justiça Maria Ângela Veras Gadelha, falecida em 2018. A homenagem é um reconhecimento do MPMT pelos relevantes serviços prestados pela profissional à instituição. Maria Ângela Gadelha tomou posse como promotora de Justiça em março de 1990 e iniciou sua atuação pela comarca de Nobres. Na sequência foi para Várzea Grande, onde permaneceu por 19 anos. Em fevereiro de 2009 foi promovida ao cargo de procuradora de Justiça

Leia Também:  Casa pega fogo, viúva perde tudo e entra em desespero

Da Redação

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Projeto em andamento: Duplicação do Anel Viário também deve ser anunciada

Publicados

em

Com o anúncio de convênio entre Prefeitura e Governo do Estado para as obras de reestruturação do Distrito Industrial Rondonópolis (Distrito Antigo) nesta sexta-feira (1), a expectativa agora permanece com relação a outra obra muito esperada e alvo de cobranças constantes em Rondonópolis: a recuperação e duplicação do Anel Viário. Havia expectativa de que o Governo do Estado também anunciasse a realização da obra, porém isso acabou não ocorrendo.

As informações são de que a obra de duplicação do Anel Viário, que inclusive, já foi prometida pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística, como mostrou recentemente o A TRIBUNA, não foi anunciada nessa ocasião em função do projeto ainda não ter sido concluído pelo Estado.

A obra prevê a duplicação do Anel Viário ao longo de todo o trecho, com construção de nova pista e recuperação da atual. São estimados investimentos na ordem de R$ 20 milhões no local.

Hoje, o Anel Viário é um dos gargalos no tráfego de veículos pesados em Rondonópolis e constantemente alvo de críticas pelas péssimas condições, com pista tomada pelos buracos.

Leia Também:  Nova Mutum apenas empata com Tombense e está eliminado da Copa do Brasil

Mesmo com a não divulgação do início das obras nesta sexta-feira em reunião entre o governador Mauro Mendes e o prefeito José Carlos do Pátio, a previsão é de que o Governo do Estado anuncie a construção da duplicação nas próximas semanas, assim que o projeto de engenharia esteja concluído

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA