728x90 (1)

MATO GROSSO

Lei pode estabelecer piso salarial de R$ 4,7 mil para profissionais de enfermagem

Publicados

em

Um Projeto de Lei (PL) discutido atualmente na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) pode estabelecer que os profissionais de enfermagem passem a ter um piso salarial de R$4.7500,00 mil em Mato Grosso. O PL foi proposto pelo deputado estadual Dr. João (MDB) que defende também que os profissionais graduados em Enfermagem tenham um piso salarial uma jornada de 30 horas.

 

O parlamentar destaca que há tempos a categoria busca por melhorias e foi uma das principais a atuar durante a pandemia de Covid-19, que assolou a população brasileira e superlotou hospitais. Para tanto, ele apresentou um projeto de Lei com objetivo de garantir os direitos destes trabalhadores.

 

“O enfermeiro é o profissional que está presente em todas as unidades de saúde, sejam elas públicas ou privadas. Nos períodos de grande incidência de doenças ou problemas de saúde com a sociedade, como a pandemia causada pela Covid-19, os enfermeiros foram os profissionais que estiveram e estarão na linha de frente, deram a vida na pandemia, arriscando as suas para promover a saúde e bem-estar do próximo”, destaca Dr. João, autor do Projeto de Lei 187/2022, que visa estabelecer o piso da categoria.

Leia Também:  Rio Branco terá mais 14 profissionais do Mais Médicos | Agência Brasil

 

Atualmente, a enfermagem não possui piso salarial determinado por lei ou convenção. Um enfermeiro o trabalhando no estado do Mato Grosso ganha, em média, R$ 2.952,23 para uma jornada de trabalho de 39 horas semanais.

 

A faixa salarial da profissão no estado fica entre R$ 2.694,47 (média do piso salarial 2021 de acordos, convenções coletivas e dissídios) e o teto salarial de R$ 4.789,76. Os dados são referentes a pesquisa do Salario.com.br junto a dados oficiais divulgados do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web pela Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE).

 

A categoria de enfermagem, atualmente, está dividida da seguinte forma: 7.699 (40%) são enfermeiros; 9.103 (48%) são técnicos de enfermagem e 1.979 (10%) auxiliares de enfermagem.

 

“Enquanto o mundo enfrentou o maior desafio sanitário deste século, a desvalorização salarial dos profissionais da saúde ficou ainda mais explícito, pelo enorme papel que eles exercem apesar dos baixos salários. Este projeto, também serve como uma homenagem que podemos fazer a esses profissionais, que deixaram suas casas e famílias para cuidar do próximo”, finalizou o parlamentar.

Leia Também:  Hospital contrata para áreas administrativa e enfermagem

 

O projeto de Lei do deputado Dr. João foi apensado a outro (Projeto de Lei n° 633/2021, em 28 de março) que também tramita na Casa de Leis. Este último está apto a ser analisado na Comissão de Trabalho e Administração Pública da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

Da Redação

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Bombeiros confirmam 2ª morte em desabamento de empresa no Distrito Industrial

Publicados

em

O 3° Batalhão Bombeiro Militar de Rondonópolis confirmou a segunda morte no desabamento de parte da estrutura de uma empresa de fertilizantes, localizada no Distrito Industrial de Rondonópolis, ocorrido na manhã deste sábado (14).

De acordo com a corporação, pelo menos 5 trabalhadores ficaram presos nas ferragens da estrutura. De acordo com os bombeiros, 19 homens foram destacados para a operação de resgate das vítimas.

Para agilizar o atendimento foram utilizados 2 caminhões tipo munck e uma pá carregadeira. Mesmo com agilidade dos Bombeiros, que chegaram na região instantes depois do acidente, duas pessoas foram resgatadas sem vida.

Outras duas vítimas foram tiradas dos escombros com vida e foram encaminhadas pelo SAMU para o Hospital Regional. Uma das vítimas conseguiu sair completamente ilesa do desabamento.

Ainda segundo a equipe de salvamento, o silo da empresa estava carregado. As vítimas ficaram presas debaixo de uma estrutura com cerca de 40 mil quilos.

As causas do acidente serão investigadas.

Da Redação

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Hospital contrata para áreas administrativa e enfermagem
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA