MATO GROSSO

Primeira fábrica de celulose de MT recebe licença de instalação

Publicados

em


A primeira fábrica de celulose de Mato Grosso recebeu nesta sexta-feira (16) a licença de instalação para iniciar as obras do empreendimento em Alto Araguaia (a 361 km de Cuiabá). O documento emitido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente foi entregue pelo governador Mauro Mendes e pela gestora do órgão ambiental, Mauren Lazzaretti, aos diretores da Euca Energy.

“Com a chegada desta indústria, Mato Grosso ganha dois mil empregos e a possibilidade da transformação da matriz econômica da região Sul. Além dos empregos diretos, nós teremos lá milhares de outros empregos e indústrias e serviços agregados a esta nova atividade econômica”, comemorou o governador Mauro Mendes.

A Licença de Instalação (LI) tem validade até 2025 e é a segunda etapa do processo de licenciamento, que segue agora para a terceira fase, quando será obtida a licença que permite que a indústria entre em operação.

“Nós estamos trabalhando muito fortemente desde o início da gestão para compatibilizar o tempo de resposta da Sema com as necessidades dos cidadãos. Temos hoje muito orgulho em dizer que este empreendimento foi licenciado cumprindo todos os prazos legais e ritos e cumprindo, principalmente, os itens que precisam ser observados para a qualidade ambiental”, enfatizou a Secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti. A gestora do órgão ambiental aproveitou a oportunidade para parabenizar o empenho dos técnicos na análise do processo.

Leia Também:  Bolsa fecha acima dos 104 mil pontos pela primeira vez desde março

“É importante deixar claro que a essa licença foi emitida rapidamente pelos padrões brasileiros, mas sem nenhum tipo de precarização. Todas as exigências legais foram cumpridas e vale lembrar que o Brasil tem uma das legislações mais rigorosas do mundo e por estarmos na Amazônia Legal, o rigor é maior ainda”, complementou o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso, Gustavo Oliveira.

Conduzido por uma equipe multidisciplinar da Secretaria, o processo para a emissão da licença trouxe condicionantes para mitigação dos impactos ambientais como, por exemplo, a adoção de sistemas que reduzam o uso de componentes químicos (cloro) no branqueamento da celulose. Além disso, o empreendedor também deve cumprir com medidas já previstas na legislação, como realizar a captação de água abaixo do lançamento da indústria, garantindo que o tratamento dos efluentes seja altamente eficiente.

O empreendimento prevê o investimento de R$ 12,5 bilhões e tem potencial para alavancar a produção de toda a região Sul de Mato Grosso.  Na avaliação da equipe técnica da Sema, as áreas atualmente degradadas da região e que não são aptas para as culturas anuais, como a soja, poderão ser recuperadas com o eucalipto, cultura de ciclo longo e matéria prima da indústria a ser instalada. Para o pleno desenvolvimento sustentável da região, a Sema também solicitou a elaboração de planos de atendimento aos municípios afetados pelo empreendimento.

Leia Também:  Em sexto lugar na Série B, Operário-PR recebe o líder Cuiabá

O presidente da Euca Energy, Gilberto Goellner, destacou que a região de Alto Araguaia foi escolhida pelas facilidades logísticas e por ter matéria-prima disponível em uma distância média de 70 quilômetros e pela disponibilidade hídrica. “Estamos instalando aqui uma indústria com a terceira melhor performance do Brasil. Temos um ambiente geográfico e logístico muito favorável ao empreendimento”, destacou o empresário que prevê o início das operações para dezembro de 2023.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CUIABÁ

Ministro da Saúde confirma doses extras de vacinas contra a Covid-19 para Cuiabá

Publicados

em

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, confirmou a destinação de doses extras de vacina contra a covid-19 para a Prefeitura de Cuiabá, devido à realização de jogos disputados pela Copa América no mês de junho na capital. A resposta foi dada pelo ministro ao parlamentar durante audiência realizada na manhã desta quarta-feira (9).

Na ocasião o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, conhecido como Emanuelzinho, gravou um vídeo com o ministro, anunciando a medida. Na terça-feira (8), o prefeito e o deputado federal se reuniram pessoalmente com o presidente da República, Jair Bolsonaro, para defender o pleito dos cuiabanos.

“Essa demanda das vacinas com certeza nós vamos atender, com muito prazer. Eu já vou verificar com o Programa Nacional de Imunização a quantidade de doses que será remetida para a capital de Mato Grosso, a nossa querida Cuiabá. Em breve eu quero estar com você e com o povo cuiabano. O Ministério da Saúde está sempre de portas abertas”, afirmou o ministro ao deputado.

Por sua vez, Emanuel Pinheiro Neto agradeceu a parceria e reforçou o convite para que o ministro venha a Cuiabá, juntamente com a boa notícia das vacinas extras. “Quanto mais doses para Cuiabá, melhor. Até sexta-feira devemos ter uma agenda novamente para que o ministro possa nos posicionar sobre a quantidade de doses que receberemos na nossa capital. Que a gente possa garantir da segurança e a vida da população”, disse.

Leia Também:  Consultas e negociações de dívida ativa podem ser feitas pelo site ou canais de atendimento da PGE

O prefeito Emanuel Pinheiro comemorou a resposta do governo federal e disse que seu maior foco, no momento, é obter a maior quantidade possível de vacinas para imunizar toda a população adulta da cidade. Ele formalizou o pedido de mais 670 mil doses, quantidade suficiente para assegurar as duas doses da população acima de 18 anos de Cuiabá.

“Com muita alegria e satisfação, recebi a notícia do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, que tem desenvolvido um trabalho incansável em prol da saúde e da vida dos cuiabanos e dos mato-grossenses, de que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, confirmou que a gestão Jair Bolsonaro vai mandar mais vacinas para imunizar a nossa população! Isso representa a vitória do esforço, da união e da interlocução do nosso deputado Emanuelzinho e de todos os cuiabanos, que merecem ser beneficiados com a imunização contra a covid-19, já que um grande evento esportivo, que é a Copa América, vai acontecer em terras cuiabanas ao longo de todo o mês de junho, o que com certeza vai impactar a rotina da cidade, por mais que haja protocolos restritivos”, pontuou o gestor.

Leia Também:  Governo de MT ajusta norma do Fethab e cobrança será sobre grãos aptos para venda

Veja vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA