728x90 (1)

MUNDO

“Nova pneumonia” no Cazaquistão pode ser Covid-19, informa OMS

Publicados

em


source
teste de covid-19
Pixabay

OMs afirma que vai investigar casos de “pneumonia misteriosa”


Após embaixada da China emitir alerta sobre nova pneumonia mais letal que a Covid-19 no Cazaquistão, Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que situação pode se tratar de casos não diagnosticados da própria doença transmitida pelo novo coronavírus.


É o que afirma o diretor de emergência do órgão, Mark Ryan.

“É possível que esses casos de pneumonia sejam casos de Covid-19 não diagnosticados. Vamos investigar propriamente esses casos”, disse.

Essa “nova doença” já infectou 1.772 pessoas no país só no primeiro semestre. Cerca de 628 foram contaminadas em junho, segundo dados da embaixada chinesa.

O Ministério da Saúde do Cazaquistão se pronunciou e afirmou que a notícia é falsa . “Essa informação não é condizente com a realidade”, disse o órgão via Facebook.

Leia Também:  SP prevê 1,15 milhão de casos e 39 mil mortes por covid-19 até dia 15
Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

MUNDO

Embaixadora que agrediu funcionária em Brasília volta para as Filipinas

Publicados

em

Por


source
Embaixadora das Filipinas
Reprodução

Embaixadora que agrediu empregada em Brasília volta para as Filipinas

A embaixadora das Filipinas no Brasil,  Marichu Mauro, deixou o Brasil na madrugada desta terça-feira (3) e voltou ao país asiático. O retorno ocorreu no mesmo dia em que o presidente  Jair Bolsonaro (sem partido) tornou sem efeito um decreto publicado no dia 7 de outubro, que iria admitir a embaixadora na Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul, no grau de Grã-Cruz.

A condecoração é destinada a chefes de Estado, chefes de Governo, príncipes, presidente do Poder Legislativo, presidentes das Cortes Supremas de Justiça, ministros de Estado, embaixadores, governadores, almirantes, marechais, marechais-do-ar, almirantes-de-esquadra, generais-de-Exército, tenentes-brigadeiros e outras personalidades de hierarquia equivalente.

Contexto 

A embaixadora  foi flagrada agredindo com tapas no rosto e puxões de orelha uma empregada doméstica da residência oficial da representação diplomática das Filipinas em Brasília.

Leia Também:  Facebook e Twitter combatem desinformação nas eleições dos EUA

As gravações integram inquérito do Ministério Público do Trabalho (MPT). A vítima, de 51 anos, é de origem filipina e embarcou para seu país de origem no último dia 21.

Marichu Mauro estava no cargo desde 7 de abril de 2018. Ela chegou a ser homenageada pelo então presidente  Michel Temer, que recebeu suas credenciais diplomáticas.

Desde janeiro, Marichu Mauro também representa as Filipinas na Venezuela como embaixadora não residente. Ela é, ainda, embaixadora na Guiana, na Colômbia e no Suriname.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA