728x90 (1)

CARROS E MOTOS

Nova CNH muda visual, tem tabela de veículos e passa a valer em 2022

O documento atualizado tem novos elementos visuais e de segurança, além de indicações inéditas; não haverá necessidade de troca imediata

Publicados

em

Depois das novas placas de padrão Mercosul, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) também ganhará cara nova, além de elementos para reforçar a sua segurança. O novo modelo passará a circular a partir de 1º de junho de 2022 – assim como nas placas, não haverá necessidade de troca imediata.

De acordo com a resolução nº 886 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), publicada em 13 de dezembro, só adotará o novo padrão, inicialmente, quem renovar a CNH, precisar de uma segunda via do documento, alterar dados ou adicionar categoria, além dos recém habilitados. A nova CNH poderá ser expedida por via física, digital ou ambos, à escolha do condutor.

Entre os itens de identificação e segurança, além de fotografia e assinatura, estão novos elementos gráficos com efeitos de fluorescência e reação à luz UV, imagens secretas e hologramas. O QR Code, presente no documento desde 2017, também segue. O código armazenará todas as informações variáveis do condutor, com exceção da assinatura.

Mais uma novidade está na inclusão de letras que identificarão o estágio da Carteira, ou seja, a letra “P” para indicar que o condutor tem permissão para dirigir (como no período inicial da habilitação) e a letra “D” para indicar CNH definitiva. O documento também apresentará um número de registro nacional e outro estadual, e as restrições de cada condutor, como deficiências, serão apresentadas de forma codificada.

Leia Também:  Senado aprova auxílio a santas casas e hospitais filantrópicos

Prazo e limite de pontos mantidos

As novidades para a CNH como documento não interferem nas alterações que entraram em vigor em abril de 2021. Ou seja, a Carteira Nacional de Habilitação segue com dez anos de validade e limite de 40 pontos obtidos por infrações.

Também permanecem as novas regras sobre multas que passaram a não pontuar, além de normas para transporte de crianças, utilização de faróis em rodovias e descontos no pagamento de multas. Os detalhes mais importantes sobre a nova legislação podem ser vistos clicando aqui.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Nova CNH começa a valer nesta quarta-feira no Brasil; veja detalhes do modelo

Apesar da mudança, não há necessidade de troca imediata para novo padrão. Documento pode ser expedido em meios físico, digital ou ambos.

Publicados

em

O novo modelo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) começa a ser emitido nesta quarta-feira (1º) (veja detalhes abaixo). A decisão é do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e foi tomada em dezembro de 2021, por meio da resolução n° 886.

 

Compartilhe no WhatsApp

Compartilhe no Telegram

Não há necessidade de troca imediata para o novo padrão. A substituição ocorrerá à medida que os motoristas forem renovando ou emitindo a segunda via. O documento pode ser expedido em meios físico, digital ou ambos. “A escolha fica à critério do condutor”, diz a resolução.

 

Segundo a resolução do Contran, os órgãos de trânsito locais têm que estar preparados para emitir o novo modelo até esta quarta-feira. “Os órgãos e entidades executivos de trânsito dos estados e do Distrito Federal deverão adequar seus procedimentos para adoção do modelo da CNH estabelecido nesta Resolução até 1º de junho de 2022”, diz o texto.

Ao g1, o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) afirmou que irá seguir a resolução do Contran a partir da data estabelecida.

Leia Também:  Aulas em autoescola podem deixar de ser obrigatórias para tirar a CNH

Veja abaixo a comparação entre o modelo novo (à esquerda) e o antigo (à direita):

Novo modelo de CNH (à esquerda), que começa a valer em 2022, e modelo antigo (à direita), que entrou em vigor em 2017 — Foto: Reprodução

Novo modelo

A nova CNH terá elementos gráficos para dificultar a falsificação e fraudes. Também será possível usar o nome social e filiação afetiva do condutor no documento.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 23 de dezembro. A nova CNH tem predominância das cores verde e amarelo, e trará uma tabela para identificar os tipos de veículos que o motorista está apto a conduzir.

A primeira coluna terá a categoria da CNH, seguida por uma imagem do automóvel e a indicação se o dono do documento está habilitado para dirigir aquele tipo de veículo, além de informações sobre exercício de atividade remunerada do motorista e possíveis restrições médicas.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA