728x90 (1)

POLICIAL

Adolescente que matou Isabele é internada no Complexo Pomeri

Publicados

em

A adolescente de 15 anos que matou Isabele Guimarães Ramos, 14 anos, no condomínio de luxo Alphaville 1, em Cuiabá, foi internada no Centro Sócio-educativo Menina Moça, no Complexo Pomeri por volta das 22h desta terça-feira (15). Ela se entregou às autoridades policias no início da noite.

A menina chegou à Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), acompanhada da mãe, Gaby Cestari e do pai, o empresário Marcelo Martins Cestari e deve ser encaminhada ao Complexo do Pomeri, localizado ao lado da delegacia.

A família chegou pelos fundos da DEA. Também estava no local o advogado de defesa dos Cestari, Artur Osti.

Vídeo obtido pelo HNT/HiperNotícias mostra o momento em que a menor deixa a delegacia para se dirigir ao Instituto Médico Legal (IML), onde passaou por exames antes de ser internada.

A apreensão da adolescente foi requisitada pelo Ministério Público de Mato Grosso (MPMT), no último dia 8 de setembro, após a conclusão do inquérito policial (IP) realizado pela Polícia Civil. Os autos foram remetidos ao juízo da 2ª Vara da Infância e Juventude de Cuiabá que acatou a solicitação do MP e determinou a apreensão da jovem nesta terça-feira (15).

Leia Também:  Polícia Civil apreende em flagrante adolescente envolvido em morte de jovem de 18 anos

A adolescente, segundo o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), poderá ficar três anos internada.

As representações foram protocoladas por ato infracional análogo ao crime hediondo de homicídio doloso, isto é, quando existe a intenção de matar. A adolescente deverá ser levada ao Centro de Atendimento Socioeducativo de Cuiabá (Case), no Complexo Pomeri. A unidade fica localizada no bairro Planalto, em Cuiabá.

Os pedidos foram baseados no IP presidido pelo delegado Wagner Bassi, da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA). Durante coletiva de imprensa realizada no dia 3 de setembro, a autoridade policial informou aos jornalistas que a adolescente teve a intenção de matar Isabele. Ela foi responsabilizada pelo ato infracional análogo ao crime hediondo de homicídio doloso.

Fonte: Hiper Notícias

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Criminosos invadem escritório e roubam notebooks e documentos de deputado em MT

Publicados

em

Criminosos invadiram o escritório do deputado estadual Thiago Silva (MDB), na madrugada deste sábado (2), na região central de Rondonópolis (217 km de Cuiabá).

De acordo com as informações, os suspeitos quebraram o portão da frente e adentraram o local. Logo depois, os bandidos tentaram arrombar a porta dos fundos do escritório com um pé de cabra, mas não conseguiram. Com isso, utilizaram a mesma ferramenta na janela próxima à porta e entraram por ela.

Os suspeitos reviraram o local, que é utilizado pelos assessores do parlamentar e no atendimento ao público. Durante o ato, foram levados três notebooks e pastas com documentos.

Thiago Silva já realizou contatos junto com as Polícias Civil e Militar e pedirá a intervenção da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp), já que esse ato não é o primeiro que ocorre em Rondonópolis.

Ele explica que há uma semana atrás, uma vereadora do município, também enfrentou uma situação semelhante à dele – o que comprova ainda mais que há um possível envolvimento político por trás desses crimes.

Leia Também:  Veículos recuperados em Cuiabá, Barra do Garças e Rondonópolis

Como as eleições se aproximam, o deputado não descarta que o ato criminoso tenha cunho eleitoral. “Não é de hoje que estamos sofrendo essas perseguições políticas. Eles abriram todas as gavetas, mexeram em todos os documentos, espalharam papéis por todos os lados, roubaram três computadores e pastas referente ao trabalho parlamentar”, pontuou.

Fonte: GD

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA