POLICIAL

Caminhão da PM chega ao Xingu e entrega 250 cestas básicas para indígenas da região

Publicados

em


.

Policiais militares percorreram 830 km de Cuiabá até o municipio de Canarana para entregar, nesta quarta-feira (26.08), 250 cestas básicas para indígenas na região do Xingu, em Mato Grosso. As doações foram arrecadadas por meio de ações sociais do Governo do Estado, da Polícia Militar e de instituições parceiras que se solidarizaram para ajudar as famílias indígenas neste momento de pandemia.

O caminhão da PM chegou ao municipio carregado de cestas básicas que vão ajudar indíos do município e de diversas aldeias localizadas nas cidades de Paranatinga, São Félix do Araguaia, Querência, São José do Xingu, Gaúcha do Norte, Nova Ubiratã e Marcelândia. A ação pretende levar os mantimentos para toda a população do Parque do Xingu. 

Como medida de prevenção ao novo coronavírus, as cestas básicas foram entregues na sede do Instituto de Pesquisa Etno Ambiental do Xingu. A instituição que também é ponto de coleta fará a distribuição de maneira adequada e segura, atendendo todas as medidas sanitárias para evitar a aglomeração de pessoas e contaminação pela Covid-19, já que as aldeias do Xingu estão todas bloqueadas para receber visitas.

Leia Também:  Três ladrões morrem após troca de tiros com Rotam durante furto

Os alimentos foram arrecadados em mobilização do Governo do Estado e da Polícia Militar que contou com inúmeras parcerias de empresários da iniciativa privada. 

O comandante da 5ª Companhia Independente da PM em Canarana, capitão Marcos Vinicius Yamada ressaltou a importância dessa ação social em prol dos indígenas do Xingu.

“Buscamos fazer a nossa parte para auxiliar a todos. Neste momento, somos gratos à Deus por nos permitir ajudar na medida do possível essas famílias que passam por momentos de dificuldades. O povo do Xingu é muito acolhedor, de uma cultura rica. São nosso irmãos e estamos a disposição para ajudá-los”, destaca o capitão da PM. 

 

 
Fonte: PM MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Esfaqueado, homem corre em direção à delegacia, mas leva mais golpes e morre

Publicados

em

João Figueiredo Conceição, de 30 anos, foi morto a facadas na noite desta quarta (18), no bairro Bela Vista, em Nova Mutum (a 264 km de Cuiabá). Ele foi esfaqueado em casa, chegou a correr e foi perseguido por 200 metros, até ser esfaqueado novamente. Não resistiu aos ferimentos e morreu na calçada.

Segundo o boletim de ocorrência, testemunhas contaram que viram João correndo e, logo atrás dele, dois homens com facas. Preliminarmente, foi entendido pela perícia, que ele sofreu os primeiros golpes dentro de casa e saiu correndo pelas ruas, em direção à Delegacia, mas e acabou sendo alcançado cerca de 200 metros depois, quando recebeu mais golpes de facas.

Conforme informações da Polícia Militar, a guarnição foi acionada por moradores, relatando que na rua das Mangueiras, um homem foi encontrado caído no chão, sangrando muito.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, realizou os primeiros procedimentos no local, mas constataram o óbito de João. O local foi isolado e a Polícia Civil acionada por volta das 21h44, momento que começou a chover muito forte na cidade, interrompendo o atendimento da ocorrência.

Leia Também:  Polícia Civil prende traficante e fecha ponto de venda de drogas no bairro Boa Esperança

Câmeras de Segurança das casas próximas do local do crime vão ajudar na identificação dos suspeitos. Além dos dois homens já descritos pelas testemunhas, foi informado que uma mulher também estava na cena do crime. O caso é investigado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA