728x90 (1)

POLICIAL

Moradores denunciam e Rotam fecha ponto de venda de drogas no Dom Aquino

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Judiciária Civil, em Cuiabá

Publicados

em

Policiais do Batalhão Rotam prenderam um homem de 38 anos com porções de maconha, cocaína e R$ 1.100, 00 em espécie, na noite da última sexta-feira (03.12), na Capital. A prisão do suspeito por  tráfico de entorpecentes, ocorreu após moradores denunciarem o crime para a Polícia Militar.

Por volta das 21h15, os policiais foram procurados por moradores do bairro Dom Aquino, que relataram que havia um homem vendendo drogas em uma residência na região. De imediato, a Rotam foi até o endereço apontado e visualizou um veículo Gol e um homem em atitude suspeita ao lado do veículo.

O condutor do carro e suspeito ao perceberem a presença da polícia tentaram fugir. O veículo tomou rumo ignorado, momento em que, foi identificado que havia caído algo do carro (porções de drogas). O homem que estava encostado no automóvel foi abordado e com ele a PM apreendeu uma balança de precisão e dinheiro trocado.

O suspeito confessou que estava comercializando drogas no bairro. Durante buscas na residência dele, os policiais localizaram mais entorpecentes como tabletes e pedaços de maconha, máquina de cartão de crédito e quantia de R$1,1 mil.  A Rotam deu voz de prisão ao suspeito, ele foi conduzido para a Central de Flagrantes.

Leia Também:  Preso foge de penitenciária durante atividade de equoterapia e polícia não consegue encontrá-lo em MT

Disque -Denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: Secom-MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Criminosos invadem escritório e roubam notebooks e documentos de deputado em MT

Publicados

em

Criminosos invadiram o escritório do deputado estadual Thiago Silva (MDB), na madrugada deste sábado (2), na região central de Rondonópolis (217 km de Cuiabá).

De acordo com as informações, os suspeitos quebraram o portão da frente e adentraram o local. Logo depois, os bandidos tentaram arrombar a porta dos fundos do escritório com um pé de cabra, mas não conseguiram. Com isso, utilizaram a mesma ferramenta na janela próxima à porta e entraram por ela.

Os suspeitos reviraram o local, que é utilizado pelos assessores do parlamentar e no atendimento ao público. Durante o ato, foram levados três notebooks e pastas com documentos.

Thiago Silva já realizou contatos junto com as Polícias Civil e Militar e pedirá a intervenção da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp), já que esse ato não é o primeiro que ocorre em Rondonópolis.

Ele explica que há uma semana atrás, uma vereadora do município, também enfrentou uma situação semelhante à dele – o que comprova ainda mais que há um possível envolvimento político por trás desses crimes.

Leia Também:  Força tática prende casal suspeito de tráfico de drogas em VG, veja vídeos

Como as eleições se aproximam, o deputado não descarta que o ato criminoso tenha cunho eleitoral. “Não é de hoje que estamos sofrendo essas perseguições políticas. Eles abriram todas as gavetas, mexeram em todos os documentos, espalharam papéis por todos os lados, roubaram três computadores e pastas referente ao trabalho parlamentar”, pontuou.

Fonte: GD

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA