728x90 (1)

POLÍTICA MT

‘Vou rebater quem tentar atingir minha família’, diz Virginia Mendes

Publicados

em

Um dia após se envolver em uma polêmica em um grupo de WhatsApp e rebater o deputado Eduardo Botelho (União), a primeira-dama Virginia Mendes voltou a se pronunciar nesta terça-feira (28), dessa vez em suas redes sociais, e afirmou que vai expor suas opiniões e rebater aqueles que tentam atingi-lá e atacam a sua família.

 

“Como toda e qualquer pessoa, também mereço respeito. Sendo assim, vou expor minhas opiniões quando achar necessário e rebater aqueles que tentarem de alguma forma atingir a minha família e a mim”, disse a primeira-dama.

Virginia segue e diz que ao contrário do que algumas pessoas dizem, “não existe a ‘prerrogativa de cargo’”. “Minhas atuações enquanto primeira-dama são voluntárias e eu faço porque gosto muito”, frisa.

 

Em outro trecho ela diz estar protegida contra àqueles que, ‘maldosamente’ utilizam do seu quadro de saúde para tentar criticá-la quando ela fala de assuntos polêmicos. A primeira-dama recebeu alta hospitalar no dia 23 de junho, após uma cirurgia para a remoção de um tumor no pâncreas.

Leia Também:  TRE dá 72h e ameaça barrar chapa do MDB à Câmara de Cuiabá

 

Ainda na postagem feita no início desta noite, a primeira-dama disse que segue se recuperando muito bem e finaliza dizendo, mais uma vez, dizendo que não aceitará críticas calada. “Seguirei pelo caminho da verdade sempre e não serei omissa diante de casos absurdos e que me causam indignação”.

“Não vou me calar e me acovardar com ataques covardes e que tentem manchar a minha honra e da minha família”, finaliza.

Polêmica com Eduardo Botelho

Na segunda, Virginia criticou falas de Botelho após o deputado dizer que o valor de R$ 450 mil empenhados na realização do reality show ‘Casa Digital’ seria de responsabilidade da Secel (Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer).

“As emendas são impositivas”, respondeu a primeira-dama. Em seguida, ela encaminha uma mensagem que diz que a tarefa de acompanhar o emprego do dinheiro “é de responsabilidade exclusiva dos parlamentares” e completa: “que o MP (Ministério Público) venha esclarecer a verdade”.

Em seguida, uma pessoa responde Virginia e diz que o “deputado carrega” o marido dela (governador Mauro Mendes) nas costas desde a campanha para prefeito. Virginia reage: “está é opinião sua”, diz. “Graças a Deus só a sua”.

Leia Também:  A pedido de Virginia, Mendes implanta auxílio emergencial em MT

Fonte; GD

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

Prefeito ameniza dificuldades na entrada de Márcia no interior: ‘Capital é vitrine’

Além disso, ele afirma que irá contar com as demais lideranças do arco de alianças da esquerda, para propagar em todo o Estado o projeto de Márcia ao Governo

Publicados

em

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) não vê dificuldades em levar o nome de sua esposa, a primeira-dama Márcia Pinheiro (PV), ao interior do Estado. Para ele, inclusive, ela já tem certa capilaridade eleitoral fora da baixada cuiabana devido a visibilidade obtida pela sua gestão frente ao Palácio Alencastro.

“De cara, a primeira-dama, esposa do prefeito da Capital, já tem uma capilaridade, já tem o conhecimento em todo o estado, principalmente devido a uma gestão muito bem avaliada como a nossa, que terminou o primeiro mandato com 86% de aprovação popular. Cuiabá é a Capital do estado, é a maior e mais importante cidade do estado e é vitrine, propagada para todo o estado de Mato Grosso”, avalia.

Além disso, ele afirma que irá contar com as demais lideranças do arco de alianças da esquerda, para propagar em todo o Estado o projeto de Márcia ao Governo.

“Nós temos o apoio da Federação, do PT, PCdoB e PV, que são partidos com grande capilaridade no Estado. Temos o apoio do Neri Geller, do senador Carlos Fávaro, temos o apoio do Solidariedade, partido novo mas que tem raízes fincadas em várias regiões do estado, e temos o apoio do presidente Lula”, cpmpletou.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Influencer que xingou policiais pede perdão: “Estou mal com minha consciência”
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA