728x90 (1)

POLÍTICA NACIONAL

Comissão debate criação do Dia Nacional do Cristão

A reunião será realizada no plenário 13, às 10 horas. O público poderá acompanhar o evento ao vivo por meio do portal e-Democracia

Publicados

em

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados promove audiência pública nes sexta-feira (5) para discutir o Projeto de Lei 2832/21, da deputada Dra. Soraya Manato (PSL-ES), que cria o Dia Nacional do Cristão, a ser celebrado anualmente no primeiro domingo de junho.

O debate é uma iniciativa do deputado Eli Borges (Solidariedade-TO). Ele informa que a Lei 12.345/10, em seu artigo 1º, dispõe que “a instituição de datas comemorativas que vigorem no território naciona

O parlamentar destaca que, segundo o Censo 2010 do IBGE, 87% da população brasileira professam a fé cristã, reunidos em igrejas de diversas denominações. “A instituição do Dia Nacional do Cristão atende, portanto, ao critério de alta significação para o maior segmento religioso existente no País”, opina.

Foram convidados para a discussão:

  • o pastor da Assembleia de Deus Harbety Carvalho;
  • o bispo do Conselho Nacional dos Conselhos de Pastores do Brasil (Concepab) Robson Rodovalho;
  • o pastor do Conselho de Pastores Evangélicos do Distrito Federal (Copev-DF) Josimar Francisco Da Silva;
  • o apóstolo da Igreja Batista Nova Canaã, Paulo César De Lima Gomes;
  • o padre Marcus Paulo.
Leia Também:  Bolsonaro promete reenviar medida de regularização fundiária | Agência Brasil

A reunião será realizada no plenário 13, às 10 horas. O público poderá acompanhar o evento ao vivo por meio do portal e-Democracia.

Fonte: leiagora

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Câmara aprova piso de R$ 4,7 mil para enfermeiros

VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

Publicados

em

O Coordenador da bancada federal de Mato Grosso, Dr. Leonardo (Republicanos) comemorou a aprovação do piso nacional dos profissionais da enfermagem, na sessão desta quarta-feira (4), na Câmara Federal, em Brasília. Ao todo, foram 449 votos a favor e 12 contrários.

Dr. Leonardo, que votou a favor da aprovação do projeto delLei 2564/2020, afirmou que a aprovação representa uma grande valorização profissional da categoria.

O projeto define um piso para os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e parteiras. O valor inicial para os enfermeiros será de R$ 4.750,00 a ser pago nacionalmente pelos serviços de saúde públicos e privados.

“Os profissionais da enfermagem precisavam desta valorização. Eles cuidam das famílias brasileiras e precisavam, sim, deste reconhecimento nacional que vai garantir um salário mais digno”, afirmou o deputado Dr. Leonardo.

O deputado também destacou a importância dos profissionais durante o pico da pandemia da covid-19. “Os profissionais da enfermagem são guerreiros e guerreiras que, no momento mais crítico da pandemia, atuaram com muita dedicação, resiliência e coragem cuidando das nossas famílias nos hospitais”, afirmou.

Leia Também:  Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri | Agência Brasil

“Temos que valorizar esta categoria sempre, ainda mais se pensarmos que 830 enfermeiros morreram durante a pandemia buscando salvar vidas”, destacou.

Piso nacional

De acordo com a proposta, o salário inicial para os enfermeiros será de R$ 4.750,00 a ser pago nacionalmente pelos serviços de saúde públicos e privados. O texto prevê ainda a atualização monetária anual do piso da categoria com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Nos demais casos, haverá a proporcionalidade na remuneração: 70% do piso dos enfermeiros para os técnicos de enfermagem; e 50% para os auxiliares de enfermagem e as parteiras.

A favor dos autistas

Na sessão de hoje, o deputado Dr. Leonardo também votou a favor da urgência do projeto de Lei 11.147/2018 que torna obrigatória a inclusão do símbolo mundial da conscientização do transtorno do espectro autista em todas as placas de sinalização de prioridade presentes em estabelecimentos abertos ao público, transportes, repartições públicas e outros. (Com informações da assessoria)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA