728x90 (1)

SAÚDE

Covid-19: São Paulo confirma 38 casos da variante de Manaus | Agência Brasil

Publicados

em

Covid 19: São Paulo confirma 38 casos da variante de Manaus

O secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, informou hoje (5) que há 38 casos confirmados da variante P.1 do novo coronavírus em todo o estado de São Paulo. São casos autóctones, ou seja, não são importados, têm transmissão local. Essa variante, que surgiu em Manaus, pode ser mais transmissível e responsável pelo aumento descontrolado no número de novos casos de covid-19.imagem05-03-2021-18-03-10imagem05-03-2021-18-03-11

Segundo o secretário, um caso foi registrado na capital paulista, dez na cidade de Jaú, 12 em Araraquara, três em Lins, um em Pederneiras, quatro em Lençóis Paulista, dois em São José dos Campos, três em Bauru, um em Bocaína e um em Dois Córregos.

Além disso, o estado tem seis casos confirmados da variante do Reino Unido – cinco na capital paulista e um em Guarulhos. “São cepas já autóctones, ou seja, elas estão circulando na nossa população, e é exatamente por isso a velocidade de contaminação de uma pessoa para outra”, disse Gorinchteyn.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (5), o secretário destacou que, a cada dois minutos, três pessoas são internadas no estado por causa do novo coronavírus. A situação atual da pandemia no estado de São Paulo alertou ele, é de guerra, mas diferente da que se costuma ver nos filmes.

Leia Também:  Ministério da Saúde registra 62.334 novos casos de covid-19

“Estamos em guerra. Diferente das guerras que costumamos ver nos filmes, que nossas gerações não viveram, com tiros e bombas e mortos espalhados pelas ruas, nós temos isso nos hospitais. Essa realidade é vista por quem está na linha de frente, por aqueles que estão esperando para saber o que fazer na sua escolha de quem vai viver ou morrer; naqueles parentes que, sem poder visitar, do lado de fora, choram aguardando notícias – e muitos têm a triste notícia da perda dos seus familiares”, disse o secretário.

“Estamos na maior crise pandêmica do nosso país, com o maior número de mortos por dia. Isso é inadmissível. Temos que conter essa velocidade de expansão da pandemia”, advertiu Gorinchteyn.

Nesta semana, o estado de São Paulo bateu recordes do número de mortos registrados em um dia e também de pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTIs). A ocupação de leitos de UTI, que estava em 68% na semana passada, já está em 77% hoje.

Leia Também:  Movimento global lança desafio no Dia Mundial do Câncer | Agência Brasil

Por causa disso, o governo paulista colocou todo o estado na Fase 1 – Vermelha do Plano São Paulo a partir de amanhã (6). Nessa fase, somente serviços considerados essenciais podem funcionar. A medida vale por 14 dias.

Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2021-03/covid-19-sao-paulo-confirma-38-casos-da-variante-de-manaus

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Saúde tem 1,2 milhão de doses garantidas para imunização de crianças

“Ninguém ficará sem vacina”, garantiu secretário Marcos Vinicius Dias

Publicados

em

O Ministério da Saúde tem disponível 1,2 milhão de doses de CoronaVac para imunização de crianças de 3 e 4 anos. A informação é do secretário-executivo adjunto do Ministério da Saúde, Marcos Vinicius Dias, entrevistado do programa A Voz do Brasil desta quarta-feira (20). De acordo com Dias, caso seja necessário, doses podem ser realocadas para suprir as demandas de estados com mais carência e novos lotes poderão ser adquiridos. “Ninguém vai ficar sem vacina”, garantiu.

O representante da pasta disse que, assim como foi feito no início da pandemia, no qual foram priorizados os grupos mais vulneráveis, também agora, será dada prioridade a crianças que tenham alguma doença que as fragilize e as torne um pouco mais suscetível a uma evolução grave da doença.

Segundo Dias, todas as vacinas têm um risco potencial de efeitos colaterais. “Felizmente os efeitos que foram registrados com a CoronaVac são eventos leves”, sustenta, acrescentando que a vacina foi chancelada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que é uma agência de estado, o que traz a segurança de que ela é efetiva. “De modo que não vale a pena correr o risco de não vacinar com medo de um eventual efeito adverso”, disse. Ele citou o caso do Chile, onde quase 500 mil crianças já foram vacinadas.

Leia Também:  Ministério da Saúde registra 62.334 novos casos de covid-19

Outras vacinas

O secretário-executivo adjunto falou também sobre a perda da adesão às campanhas de vacinação nos últimos 10 anos, sobre a vacinação antirrábica e sobre os casos de varíola dos macacos.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA