728x90 (1)

TECNOLOGIA

TikTok fecha acordo com a Sony e usuários podem usar milhares de músicas

Publicados

em


source

Olhar Digital

TikTok
Unsplash/Kon Karampelas

TikTok fecha acordo com Sony Music

A partir de agora, os usuários do TikTok  têm acesso a músicas de milhares de artistas da Sony Music Entertainment . De acordo com a Bloomberg, isso é resultado de um novo acordo assinado entre a gravadora e a rede social de vídeos curtos.

O contrato fechado pelas partes garante que os usuários do TikTok  criar conteúdo usando as músicas da Sony Records, Columbia Records e Radio American Records sem se preocupar com problemas de direitos autorais.

Além disso, o acordo também exige que o TikTok coopere com a gravadora em projetos de divulgação de seus artistas e identificação de possíveis talentos.

Fontes ligadas ao setor disseram que, com o contrato, as taxas de propriedade intelectual que devem ser pagas pelo aplicativo à Sony aumentaram significativamente. No entanto, o acordo parece ser bom para ambos, já que o documento de cooperação foi assinado.

Leia Também:  Trump diz que governo dos EUA deve receber parte do valor da venda do TikTok

Essa renovação não é algo novo. As duas empresas negociam esse contrato há algum tempo. No entanto, durante os primeiros meses de conversa, o TikTok teve de lidar com a ameaça de proibição por parte do governo dos Estados Unidos . Isso fez com que o acordo fosse adiado. Agora, apesar disso, ambos decidiram fechar a parceria.

Ao que parece, as gravadoras estão relutantes em tirar suas músicas da plataforma. Isso porque o TikTok se tornou um dos modos de promoção mais importantes em todo o mundo. Muitas músicas tornaram-se bastante populares graças aos vídeos gravados por usuários influentes da rede social.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Cientistas desenvolvem o menor chip do mundo que pode ser injetado no corpo com agulha

O novo dispositivo é tão minúsculo que é comparado a um grão de sal e, no futuro, poderá ser usado para monitorar processos corporais por meio de ultrassom

Publicados

em

Engenheiros da Universidade de Columbia (EUA) desenvolveram o menor chip sem fio do mundo com finalidades médicas, um dispositivo do tamanho de um minúsculo grão de sal, que poderia no futuro ser introduzido no corpo humano com uma agulha hipodérmica para monitorar condições clínicas.

“Queríamos ver até onde poderíamos empurrar os limites para construir o menor chip funcional possível. É uma ideia nova de chip como sistema: um chip que, por si só, é um sistema eletrônico em pleno funcionamento”, disse o líder do estudo, Ken Shepard.

O novo chip ocupa um volume total inferior a 0,1 mm³. Como mostra a imagem abaixo, seu volume é tão pequeno que pode ser injetado facilmente com uma agulha. A equipe usou ultrassom para carregar dados e se comunicar com o dispositivo sem usar fios.

Os pesquisadores fizeram uma “antena” que é instalada diretamente no topo do chip, onde são capazes de carregar dados e até se comunicarem com ele. Tanto o carregamento quanto a comunicação ocorrem por meio de ultrassom.

Leia Também:  Instagram espião? iOS 14 dedura que app deixa câmeras dos usuários ligadas

“Isso é revolucionário para o desenvolvimento de dispositivos médicos implantáveis sem fio miniaturizado que podem detectar coisas diferentes, ser usados em aplicações clínicas e, em última análise, ser aprovados para uso humano”, afirmou o pesquisador Shepard.

O objetivo dos pesquisadores é desenvolver chips que possam ser injetados no corpo com uma agulha hipodérmica (que consegue alcançar os músculos) e, uma vez dentro do corpo, se comuniquem com o exterior por meio de ultrassom, fornecendo os dados que coleta localmente.

Os dispositivos atuais que foram criados medem a temperatura corporal, mas existem muitas outras possibilidades nas quais a equipe está trabalhando. O estudo foi publicado na revista Science Advances.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA