728x90 (1)

TECNOLOGIA

Usar Torrent é perigoso? Assunto vira polêmica no Twitter; confira

Publicados

em


source
Torrent
Reprodução

Torrent é muito usado para consumo de pirataria


O termo Torrent é um dos mais comentados no Twitter na tarde desta sexta-feira (10), depois que um vídeo foi publicado recomendando que usuários não usem o protocolo. O vídeo foi publicado pelo InfoPreta , empresa de tecnologia criada por mulheres negras e LGBTs. 


Torrent é um protocolo de transferência de arquivos, que permite que as pessoas façam upload e download. Ele é muito utilizado para consumir pirataria , facilitando o download de filmes e séries.

No vídeo divulgado pelo InfoPreta , Moniquinha, uma das integrantes da empresa, orienta que as pessoas não façam downloads por Torrent para garantirem sua privacidade de dados. “O Torrent dá para baixar muita coisa, mas dá também para você baixar vírus, malwares. E aí as pessoas terem acesso ao seu dispositivo, seu computador, e acabam roubando seus dados”, afirma. 

Na publicação, a empresa ainda ressalta que não incentiva o uso de Torrent devido à pirataria . “Além disso também não incentivamos o uso de torrent por uma outra questão: é pirataria”, diz o post. Assista ao vídeo:

Leia Também:  Vídeos com tradução em libras auxiliam população surda em provas teóricas de direção


A repercussão

Depois da publicação, o vídeo foi bastante criticado no Twitter . A maioria das pessoas diz que a pirataria democratiza a cultura e que, se tomados os cuidados necessários, o uso de Torrent não é perigoso. Veja alguns tuítes: 




Leia Também:  Cientistas desenvolvem o menor chip do mundo que pode ser injetado no corpo com agulha





Além da repercussão negativa, algumas pessoas defenderam o vídeo da InfoPreta:



A própria empresa também se defendeu dizendo que muitas pessoas não têm o acesso a informações sobre como utilizar Torrent com segurança. Nesses casos, afirma o InfoPreta, a melhor opção é não utilizar o protocolo para consumir pirataria. 


COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TECNOLOGIA

Escola de Governo oferta curso online nas áreas de Direito Administrativo e Ambiental

Qualificação tem como público-alvo servidores públicos do Poder Executivo estadual que trabalham com licitações ou projetos

Publicados

em

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag-MT), por meio da Secretaria Adjunta da Escola de Governo, abriu inscrições para o curso “Cartilha Verde de Mato Grosso”, voltado para as áreas de Direito Administrativo e Ambiental. A qualificação será realizada na modalidade de Ensino a Distância (EaD). Ao todo, foram disponibilizadas 300 vagas.

O público-alvo desta ação são servidores públicos do Poder Executivo estadual que trabalham com licitações ou projetos, em especial aqueles que atuam no interior do Estado. A capacitação apresentará os parâmetros e as diretrizes da sustentabilidade para a construção e reforma de edificações da administração pública, nas áreas de conservação de energia elétrica e eficiência energética, bem como de aumento da eficiência do uso dos recursos hídricos.

Interessados têm até o dia 13 de fevereiro para se inscrever no curso que terá início na semana seguinte, dia 21, e carga horária de 25 horas. Inscreva-se AQUI.

Outras informações pelo telefone (65) 3613-3611.

(Supervisão de texto de Nayara Takahara)

Seplag-MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Juntos, serviços como Netflix já são 2ª maior audiência do país, atrás da Globo
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA